fbpx

Os marketplaces têm ganhado espaço e relevância no e-commerce e vêm se mostrando opções para a expansão dos negócios online. Isso se deve ao grande e rápido alcance que essas plataformas proporcionam.

 

Com um custo baixo, é possível que qualquer e-commerce use essas plataformas para vender seus produtos e aumentar as vendas.

 

É por essa facilidade que lojistas online estão aproveitando os marketplaces como extensão das suas próprias lojas online. Mas, para escolher o melhor marketplace para aumentar as vendas da loja virtual, você deve tomar alguns cuidados e ter muita atenção!

 

Pensando nisso, fiz este rico post para você que precisa escolher um bom marketplace para ter sucesso nessa nova parte do seu negócio.

Marketplaces

Cissa Magazine

Cissa Magazine está no mercado desde 2010 e em parceria com as maiores marcas mundiais e os lojistas mais bem capacitados. 

 

Todos os produtos comercializados pela Cissa Magazine são provenientes dos fabricantes, dos distribuidores oficiais e de parceiros de Marketplace.

 

Algumas das categorias usadas:

 

 

  • Smartphones e Celulares;
  • Informática;
  • Hardware;
  • Casa e Jardim;
  • Saúde e Beleza;
  • Smart Gadgets.

 

 

A comissão do Cissa Marketplace é cobrada sobre o valor total do pedido. O foco é voltado a categoria de eletrônicos, então, se você está neste nicho, este pode ser um ótimo marketplace para você aumentar as vendas do seu negócio!

 

Leia este post e aprenda mais sobre o Marketplace, suas características e importância para o e-commerce!

Elo7

A Elo7 é um marketplace especializado em produtos artesanais dos mais diversos nichos, desde produtos para festas de aniversário até roupas e objetos decorativos.

 

Esse não é um marketplace com volume de vendas tão grande quando comparado a outras plataformas, mas ainda pode pode ser um ambiente perfeito para aumentar as vendas do seu negócio e uma oportunidade de aumentar o alcance das suas vendas. 

 

É considerado a principal plataforma de comércio de produtos autorais da América Latina e, em 2017, gerou R$ 550 milhões em vendas e foi criado em 2008 com o objetivo de ser um canal de venda exclusivo para produtos de artesanato. A plataforma ganhou destaque ao promover a profissionalização dos artesãos em relação à gestão das vendas, logística e divulgação. 

Estante Virtual

Estante Virtual é um marketplace especializado em sebos e livrarias. O site fornece um serviço de loja virtual para sebos localizados no Brasil inteiro e faz a integração com o estoque físico dessas empresas.

Mercado Livre

O Mercado Livre é, talvez, o marketplace mais conhecido do Brasil. O site reúne todos os tipos de produtos comercializáveis e também representa uma ótima opção de divulgação para micro e pequenos empresários.

 

Esse marketplace possui milhões de visitantes por mês,o que mostra que ainda pode ser muito vantajoso utilizá-lo para começar a vender online ou para aumentar as vendas do seu negócio. 

Submarino

O Submarino é um marketplace brasileiro muito popular, mas funciona de modo diferente dos outros citados na lista.

 

Ele faz parte do B2W Marketplace e contabiliza sozinho 174 milhões de pageviews por mês. Entre suas conquistas está presença na lista do Prêmio e-Bit desde 2008, também obteve algumas vezes posição de melhor loja diamante (o maior grau da premiação) no Brasil.

Extra

Uma vantagem de vender neste marketplace com o intuito de aumentar as vendas é que ele está vinculado ao grupo Via Varejo, de forma que o parceiro pode vender no Extra, Casas Bahia e Ponto Frio após preencher um mesmo cadastro e com uma única integração. Ademais, não há taxa de adesão ou mensalidades. 

Casas Bahia

Outro marketplace que funciona no mesmo sistema é o das Casas Bahia. É nacionalmente conhecida e possui 750 lojas físicas ao redor do país. As vendas na internet começaram há 10 anos, tornando-a referência para os consumidores online.

Ponto Frio

O Ponto Frio foi a primeira rede de eletrodomésticos a investir maciçamente em marketing e veicular propagandas na TV. E isso ainda na década de 50.

 

Com 12 milhões de acessos mensais, o Ponto Frio é outro marketplace nacional de grande importância, especialmente para quem trabalha com móveis ou eletrodomésticos.

 

O sistema do Ponto Frio é similar aos já listados e tem uma oferta de produtos parecida com o das Casas Bahia.

Holipet

Outro bom exemplo de marketplace de nicho (mostrando que esse tipo de empreendimento não precisa ser generalista) é o Holipet, destinado a reunir petshops, lojas e prestadores de serviços ligados a animais domésticos.

 

A ideia é oferecer uma plataforma que possibilite aos prestadores de serviço e estabelecimentos pets aumentar as vendas e ampliarem o seu negócio de maneira sustentável.

  

A Holipet reúne tudo o que os pets precisam, desde produtos a serviços como: veterinários, adestradores, dog walkers, pet sitters, pet spas, banho e tosa, pet book e hotéis. Além disso, oferece uma lista completa de estabelecimentos pet friendly, eventos, cadastrado de pets perdidos e ações solidárias em conjunto com ONGs.

 

Vender em um Marketplace pode ser ótimo para seu negócio mas é preciso estar atento às suas vantagens e desvantagens. Saiba aqui!

Como escolher o marketplace para aumentar as vendas

Confira as funcionalidades específicas

A plataforma de marketplace que você pretende utilizar possui uma tecnologia de ponta? Trata-se de uma solução estável, sem bugs e com capacidade de lidar com um grande volume de dados?

 

Na internet, existe uma grande variedade de marketplaces que abrangem um determinado nicho de mercado. Por isso, é importante identificar quais funcionalidades essas plataformas oferecem e se elas atendem suas necessidades para que você possa aumentar as vendas.

 

Se sua loja virtual atua no mercado da moda, ela precisará de um marketplace que valorize ainda mais a exposição desses produtos. Portanto, algumas funções específicas devem existir nesse marketplace, como:

      • espaço para review dos consumidores;
      • ferramenta de zoom;
      • reprodução de vídeos;
      • sugestão de composição de looks.

Entendeu do que estou falando?

 

Portanto, antes mesmo de pesquisar qual plataforma de marketplace escolher para aumentar as vendas, é recomendável que você se informe sobre como é o processo de compra do seu potencial consumidor

 

Também é importante buscar a opinião de outros usuários ou contratar um período de testes para avaliar o serviço que você pretende contratar. Isso reduz as chances de você perder vendas em virtude de falhas no sistema de terceiros ficou fora do ar.

Avalie o atendimento e suporte oferecidos

Esse é um dos pontos cruciais em um marketplace se você deseja aumentar as vendas da sua loja virtual.

 

Além de ter um suporte disponível o máximo de tempo possível, é necessário que o atendimento seja feito de modo rápido e eficiente. Alguns pontos podem ser cruciais para a definição de um atendimento de qualidade.

 

Quanto mais canais disponíveis, melhor! Também é ótimo de houver um acompanhamento do status da resolução de um problema, principalmente se ele for relacionado a algo mais complexo, como o financeiro e uma página FAQ que contenha as principais e recorrentes dúvidas.

 

Se você chegou a conclusão de que existe algo errado com a qualidade no atendimento ao cliente da sua empresa, essas 5 dicas certamente irão te ajudar bastante!

Priorize um marketplace com SEO otimizado

Antes mesmo de tomar uma decisão definitiva de compra, as pessoas buscam informações sobre os produtos. Por isso, os mecanismos de busca são fundamentais tanto para os consumidores, quanto para os lojistas.

 

Os mecanismos de busca levam muito em consideração os dispositivos móveis. Ela é essencial para qualquer plataforma de marketplace, já que o acesso aos celulares aumenta a cada ano e, com ele, a compra online por meio deles.

 

Por isso, contar com um sistema responsivo para mobile se torna extremamente necessário. O carregamento das páginas e dos produtos nesses precisa ser veloz e precisa ter adequação automática ao tamanho da tela. 

Saiba a taxa cobrada pelo serviço

Na hora de escolher qual marketplace irá usar para aumentar as vendas da sua loja virtual, isso é algo que deve pensar seriamente.

 

A taxa cobrada pela plataforma é realmente compatível com o que é oferecido? O alcance e reputação da loja são realmente bons? Essas são algumas perguntas que devem ser feitas no momento de avaliar as taxas e condições que os marketplaces cobram.

 

Escolher uma plataforma de marketplace para aumentar as vendas da loja virtual pode não ser uma tarefa fácil. Porém, para que não se tenha problemas futuros, é essencial realizar muita pesquisa e traçar um bom planejamento estratégico.

 

Após cumprir todos os critérios acima a plataforma avaliada também é capaz de oferecer um preço competitivo para você poder aumentar as vendas? É preciso saber tomar uma decisão em cima disso, pois isso garante que você não vai enfrentar gastos desnecessários na sua empresa.

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais  também:  Twitter,  Facebook,  InstagramLinkedIn YouTube.


Comentários

Comentários

Giovanna Quaresma
Graduando Letras na UFMG, estagiária no time de Marketing e Comunicação na iSET e amante de gatos.
Post criado 92

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo