fbpx

Antes de tudo, você precisa entender o que é a newsletter

 

Bom, ela é simplesmente um e-mail disparado recorrentemente para uma base de assinantes cadastrados em uma lista de emails. Esses e-mails informativos são capazes de criar e fortalecer vínculo com seus leitores e potenciais clientes, aproximando-os da sua marca.

 

Elas permitem o envio de diferentes tipos de conteúdo, o que as tornam uma ótima forma de iniciar uma estratégia de e-mail marketing, mas lembre-se: iniciar.

 

A newsletter não é enviada para fins comerciais, diferente do e-mail marketing. Ela procura oferecer conteúdo que agregue valor ao destinatário e, assim, gerar tráfego orgânico ao e-commerce de uma empresa.

Se você quer aprender como começar a utilizar essa estratégia, está no lugar certo!

 

Neste post nós iremos te ensinar como dar os seus primeiros passos para criar uma newsletter simples, porém de alta qualidade. A newsletter é uma ótima maneira de comunicar com seus seguidores em um nível de intimidade maior e mais direto e, por isso, ela merece muita atenção!

 

Separamos para você uma lista de dicas para criar uma excelente newsletter, dentre os tópicos abordados estão:

 

 

  • Produza conteúdo relevante;
  • Faça um conteúdo escaneável;
  • Escolha um bom assunto;
  • Pense no layout;
  • Uso de imagens;
  • Avalie os resultados;
  • Faça testes.

 

 

E, por fim, deixamos algumas dicas extras no final do post, então leia tudo!

Produza conteúdo relevante

Nosso primeiro tópico é um dos mais importantes para criar uma excelente newsletter.

Como o objetivo principal da newsletter é manter o público mais próximo do seu negócio, a primeira premissa é a de que você tem conteúdo de qualidade a oferecer.

 

Quanto mais informações você tiver sobre as preferências de seus leitores, melhor. E o ideal é que a mensagem seja a mais segmentada possível. 

 

Se você quiser estruturar uma newsletter de sucesso, reúna todo o seu conteúdo disponível. Faça uso de todo o conteúdo produzido por você, selecionando os temas mais interessantes e relevantes para a sua audiência. Porém, sempre estruture e automatize seus e-mails com base na sua estratégia de marketing.

 

Leia este post e descubra cinco diferentes tarefas que podem ser automatizadas em seu e-commerce!

 

Uma ótima tática que aproxima a empresa dos assinantes é colocar o nome da pessoa na saudação inicial, como se o email fosse feita especialmente para ela. Além de chamar a atenção, essa simples atitude cria identificação com a marca, aumentando o tempo de leitura e as probabilidades de o destinatário clicar nos links enviados no conteúdo do e-mail.

Faça um conteúdo escaneável

Outra dica para criar uma excelente newsletter é ter um conteúdo escaneável. Se você tem vários temas para divulgar, deixe as chamadas bem separadas e organizadas e dê destaque para os pontos principais.

 

Pense em conteúdos mais enxutos e menores, como se fosse somente uma introdução ou resumo. Mas deixe um link para o conteúdo completo disponível no site ou blog. Isso vai garantir uma newsletter mais enxuta e permitir que você descubra por meio dos cliques quais foram os conteúdos mais atrativos.

 

Ao deixar o conteúdo da sua newsletter mais escaneável, quando o leitor abrir o e-mail já saberá do que se trata.

Escolha um bom assunto

Sabia que o grande responsável por uma boa taxa de abertura de e-mails é o assunto da mensagem? Por isso, dedique algum tempo para elaborar uma chamada atraente. O desafio é ser sucinto, objetivo e principalmente relevante para quem lê.

 

Uma dica é usar a chamada do texto mais importante da newsletter no assunto do e-mail. Vale também usar a criatividade e destacar o tema geral do email em uma frase só.

 

Algo fundamental é deixar o nome da sua empresa no remetente da newsletter. Se a pessoa que o recebe já tem confiança no seu negócio, exibir o nome da empresa vai tornar a mensagem ainda mais atrativa.

 

Ter em mente quais são os resultados que você espera com o envio da newsletter é fundamental para que você possa mensurar a efetividade da sua estratégia.

 

O assunto da sua newsletter é o responsável por captar a atenção do leitor, portanto, seja criativo na hora de definir a chamada principal. É possível inserir emojis e caracteres especiais na linha de assunto, mas lembre-se de ser claro e objetivo na sua proposta.

 

E jamais faça promessas que o conteúdo do e-mail não cumpre. Isso frustrará os assinantes e, consequentemente, desmotivá-los a continuarem na sua lista e lerem seus e-mails.

Pense no layout

Aposte na simplicidade do layout!

 

O HTML de um email não pode ser encarado da mesma forma que o HTML de um site. Complexidades na elaboração do template aumentam muito a chance de problemas na forma como cada serviço renderiza a mensagem e tornam mais frequente a quebra de layout.

 

Ser simples no CSS e usar um layout de tabelas é a melhor opção.

 

Certifique-se de manter a sua marca sempre em mente na hora de elaborar o esquema das cores e o design, utilize poucas, mas relevantes informações.

 

Considere uma versão em texto simples. As ferramentas de automação permitem criar duas versões dos seus e-mails: uma apenas com o texto do seu e-mail marketing e outra em HTML. 

 

Neste post, conheça mais sobre o e-mail marketing e como ele pode mudar a visão dos seus clientes em relação ao seu negócio!

 

 De acordo com dados do State of Email Report 2017, 54% das pessoas abrem seus emails por meio de um dispositivo móvel. Então, pense também na responsividade do seu layout. Use ferramentas que funcionem bem em todas plataformas, sem prejuízos à visualização.

 

E, por fim, lembre-se de incorporar no layout os ícones das redes sociais nas quais a sua marca está presente na newsletter. Isso estimula ainda mais o relacionamento entre a sua marca e os seus leitores.

Uso de imagens

Evite condensar sua newsletter em apenas uma imagem, pois a maioria dos serviços de email bloqueia a exibição. Isso dificulta a visualização e demanda ao usuário clicar em uma autorização para conseguir saber qual o conteúdo do e-mail.

 

A utilização de um serviço gratuito de hospedagem de imagem não é recomendada por dois motivos. O primeiro deles é que esse tipo de serviço é muito utilizado por spammers e pode reduzir a confiabilidade da sua mensagem.

 

Em segundo lugar, muitas vezes esses serviços bloqueiam a exibição de imagens em e-mails, pois não conseguem lidar com uma alta quantidade de tráfego. Dessa forma, seu potencial cliente não consegue ver o conteúdo enviado pela sua empresa.

 

Por isso, use poucas e, sempre que possível, apenas imagens comprimidas.

Avalie os resultados

Avalie os resultados para encontrar pontos de melhoria sempre! Para fazer isso, aproveite os relatórios oferecidos pelas ferramentas de e-mail marketing para analisar a efetividade de suas newsletters

 

A taxa de abertura ajudará a identificar os melhores horários de envio, a efetividade do assunto escolhido e o quanto sua empresa tem sido relevante ao longo do tempo, dentre outras métricas.

 

Os cliques podem ajudar a mostrar os assuntos que mais chamaram a atenção e podem representar conteúdos interessantes para o seu público. Isso tudo permite otimizar as campanhas e proporcionar maior retorno sobre investimento, legal não é?

 

Você sabe exatamente o que é marketing digital, como ele funciona e quais os seus benefícios para seu e-commerce? Leia nosso post para aprender tudo sobre o assunto

Faça testes

Para criar uma excelente newsletter, é preciso continuar trabalhando nela mesmo depois de já concluída. Testá-la antes de enviar é muito importante. Para isso, vale enviar a mensagem para si mesmo e amigos. Verifique e teste os principais servidores de e-mail na sua lista, que podem ser Hotmail, Gmail, Yahoo, dentre outros.

 

Procure também variar os tipos de conteúdo, assunto do e-mail e horário de envio para identificar quais opções oferecem melhores resultados para sua empresa. Com a mensuração realizada, é possível aplicar testes e otimizar a newsletter, caso identifique que ela não está indo pelo caminho certo.

 

Além disso, realize testes A/B, eles vão fornecer informações preciosas sobre quais elementos são mais atrativos para o público e, assim, alinhar a newsletter de acordo com a necessidade dele!

Bônus!

Já dizia o ditado: “A primeira impressão é a que fica”, portanto, nada melhor do que dar as boas-vindas a todos os seus assinantes. Utilize o primeiro e-mail para apresentar o porta-voz da empresa (ou a brand persona) e alinhar todas as expectativas entre você e o destinatário. Explique os conteúdos que serão trabalhados na newsletter e com qual frequência você irá enviá-las.

 

Se a sua empresa possui mais de uma persona, é recomendado que você segmente a base de acordo esse critério e envie uma newsletter diferente para cada um deles. Isso irá te ajudar a enviar um conteúdo mais personalizado e, consequentemente, aumentar as métricas de engajamento.

 

Por fim, sempre honre o pedido de cancelamento de assinatura do usuário. Se alguém não quer mais receber as suas newsletters, não adianta insistir.

 

Espero ter te ajudado com as suas dúvidas sobre como criar uma excelente newsletter com as nossas maiores dicas! Caso tenha alguma outra dúvida, deixe um comentário!

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais  também: Twitter, Facebook, InstagramLinkedIn YouTube.

 

 

Powered by Rock Convert


Comentários

Comentários

Giovanna Quaresma
Graduando Letras na UFMG, estagiária no Sucesso do Cliente na iSET e amante de gatos.
Post criado 77

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo