fbpx

As estratégias de marketing digital são essenciais para o sucesso de qualquer negócio, pois ajudam a atrair o público-alvo e converter vendas, aumentando os lucros de forma significativa. O marketing B2B e B2C são essenciais para conseguir vender pelo atacado e pelo varejo.

 

Confiram a seguir qual é a diferença entre marketing para público B2B e B2C:

Marketing B2B

O marketing business-to-business (B2B) é diferente do marketing business-to-consumer (B2C). Embora você ainda esteja vendendo um produto para uma pessoa, a experiência mostra que a diferença entre esses dois tipos de mercado é profunda.

 

Ao comercializar para um B2B, você perceberá que as empresas trabalham duro para otimizar o processo de compra, economizando tempo e dinheiro. Muitas vezes, isso se explica por que uma compra B2B se baseia mais na lógica, uma vez que a compra realizada pelo consumidor, geralmente, se baseia mais na emoção.

 

É verdade que o custo de uma venda para o mercado B2B pode ser mais caro que o mercado B2C. A maneira mais fácil de explicar isso é que uma transação B2B geralmente leva mais em consideração, envolve mais pessoas e exige mais tomadores de decisão. Os clientes B2B geralmente precisam comprovar um retorno do investimento para sua compra.

 

No marketing B2B, é preciso se concentrar na lógica do produto e em seus recursos. Há pouca ou nenhuma emoção pessoal envolvida na decisão de compra.

 

Se você chegou a conclusão de que existe algo errado com a qualidade no atendimento ao cliente da sua empresa, essas 5 dicas certamente irão te ajudar bastante!

 

Esse tipo de marketing é mais sobre pessoas que usam o produto do que sobre o próprio produto.

 

Aqui é preciso ser mais detalhado com os materiais de marketing, as mensagens devem ser apresentadas de forma mais claras e eficazes, pois o cliente se concentra em como seu produto ou serviço economiza tempo, dinheiro e recursos.

Que tipo de retorno do investimento os compradores podem esperar com sua compra?

Como exemplo, imagine que sua empresa vende software de produtividade. Se você o está comercializando para empresas, a principal coisa que você precisa para mostrar aos seus clientes em potencial é que o uso do software economizar dinheiro na forma de tempo.

 

Como os usuários do software poderão otimizar seu trabalho com o uso do mesmo, os funcionários poderão realizar mais tarefas no mesmo período de tempo, entre outros. Como isso provavelmente seria uma compra significativa para a maioria das empresas que exigem várias licenças de software e treinamento adequado, é esperado que o processo de vendas envolve demonstrações detalhadas e períodos de teste.

Marketing B2C

Quando você faz marketing para um consumidor, deseja se concentrar nos benefícios do produto. A decisão deles é mais emocional. Os consumidores também são diferentes na medida em que exigem uma variedade de canais de distribuição por conveniência. É menos provável que os consumidores se interessem por uma longa mensagem de marketing e deseje que você vá direto ao ponto.

 

Os consumidores não querem trabalhar para entender seus benefícios. Em vez disso, eles querem que você aponte os benefícios para eles claramente. Com os consumidores, sua mensagem deve ser simples e fácil de entender.

 

Além disso, eles também têm um processo de compra muito menor do que as empresas. Eles podem comprar dentro de alguns minutos ou dentro de alguns dias.

 

Sua mais eficaz estratégia de marketing, deve se concentrar nos resultados e nos benefícios que seu produto ou serviço trará para eles.

 

Os clientes desejam saber mais sobre como um produto ou serviço os ajuda e quais os benefícios traz para eles pessoalmente. Concentre-se no problema ou no ponto de dor que você resolve.

 

Considere novamente o exemplo de software de produtividade. O que os consumidores querem saber é como o software facilitará suas vidas. Se ele inclui um recurso de calendário, como a entrada de informações é mais fácil e como é sincronizada com os telefones e laptops dos membros da família, etc.

 

Seus clientes neste exemplo não estão procurando um retorno sobre o investimento. Eles estão simplesmente procurando por software que facilite suas vidas sem ser muito complexo.

Como o marketing B2B e BCB podem proporcionar bons resultados?

Tanto o marketing B2B quanto o B2C precisam ser hiper segmentados para obter resultados, mas isso pode ser um grande desafio, em particular para as marcas B2B.

 

As campanhas B2C podem alcançar qualquer cliente em potencial interessado em seu produto, mesmo que essa pessoa teoricamente não seja o comprador. Uma mulher que vê roupas de que gosta pode enviar o link para outras pessoas importantes, o que pode resultar em vendas, mesmo que o anúncio tenha atraído alguém que não seja o comprador principal.

 

As empresas da B2C podem se beneficiar de contatar o tomador de decisão em casa, principalmente para itens caros, como férias ou carros novos, mas eles não precisam apelar exclusivamente a um único membro da unidade para obter resultados. Eles podem exibir anúncios para qualquer pessoa que possa comprar e ter uma chance razoável de conversão.

 

Você sabe exatamente o que é marketing digital, como ele funciona e quais os seus benefícios para seu e-commerce? Leia nosso post para aprender tudo sobre o assunto

 

No marketing B2B, no entanto, você precisa apelar para um indivíduo específico ou um pequeno grupo de indivíduos na empresa. Estes são os tomadores de decisão.

 

Não importa, por exemplo, se os vinte funcionários de uma empresa desejam novas cadeiras – somente o gerente do escritório ou outro funcionário de nível superior teria a capacidade de tomar essa decisão e eles precisam ver o anúncio diretamente. 

 

Você precisa colocar seu anúncio na frente dessas pessoas específicas. A segmentação por cargo no Facebook Ads pode ajudar nisso. 

Quanto tempo que leva para converter B2B e B2C?

Os clientes B2C têm muito mais probabilidade de comprar rapidamente depois de ver um anúncio, enquanto os clientes B2B tendem a demorar muito mais. Isso está diretamente ligado ao processo de pesquisa e à sua abrangência.

 

As pessoas são mais propensas a tomar decisões impulsivas em compras pessoais do que em empresas, onde podem ter orçamentos mais finitos e maior pressão para acertar na primeira vez. Afinal, mudar as compras de negócios costuma ser mais complicado – pode significar exigir que toda a equipe aprenda novos softwares e, como as compras costumam ser mais caras e em maior número, pode ser muito mais difícil mudar depois de comprado.

 

A maioria das plataformas de anúncios possui métodos de atribuição mais voltados para clientes B2C, com janelas de atribuição mais curtas. As empresas B2B devem verificar essas configurações e prolongar as janelas do tempo, se necessário.

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais  também:  Twitter,  Facebook,  InstagramLinkedIn YouTube.


Comentários

Comentários

Autor convidado
Os autores convidados do blog iSET são aqueles fazem parceria de Guest Post!
Post criado 75

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo