Qual é a melhor maneira de abrir um e-commerce?

Ainda de acordo com a mesma pesquisa, 7,3 milhões de brasileiros fizeram sua primeira compra online apenas durante o primeiro semestre de 2020, um crescimento de 40%. Com esses dados, o Brasil chega à marca de 41 milhões de usuários ativos no e-commerce. Do total, 58% compraram ao menos quatro vezes em 2020, enquanto 20% concluíram mais de dez pedidos no período.

 

Além de todos estes dados animadores, o índice MCC-ENET também revelou em junho de 2020 que as vendas online aumentaram em 137,35%.

 

O que os números mostram é que esse mercado é promissor e quem deseja complementar a renda ou até mesmo se dedicar ao negócio próprio, tem boas perspectivas. Pensando nisso, no artigo de hoje vamos falar sobre como abrir um e-commerce e qual é a melhor maneira para o fazer. Continue acompanhando e saiba mais:

Por que ter um e-commerce?

Além dos números que apresentamos acima, que fazem com que as perspectivas para esse mercado sejam boas, o custo de manter um e-commerce é consideravelmente menor do que o custo de manter uma loja física — e o capital necessário para abrir uma loja virtual também é mais baixo.

 

Além disso, o e-commerce não possui restrições de horários e dias de atendimento e nem fronteiras geográficas, uma vez que você pode vender para um cliente lá no Japão, desde que ofereça serviço de entrega para demais localidades.

 

Neste segmento você tem muitas vantagens, separei algumas, dá uma olhada:

Painel de controle

Toda loja virtual possui um painel de controle onde o dono do e-commerce pode acompanhar indicadores e gráficos do negócio online e ainda conferir novidades, correções e melhorias da plataforma.

 

É no painel que você encontra também todas as configurações relacionadas ao e-commerce. Tudo de modo muito organizado e intuitivo para você criar sua loja virtual de modo mais fácil mesmo sem ser um especialista!

 

A loja virtual não só promove a praticidade na compra a qualquer momento, como também possibilita um controle cuidadoso de cada pedido no seu painel de controle. A gestão de vendas com o auxílio de uma plataforma de e-commerce é muito mais prática e organizada.

 

 

Uma boa plataforma de e-commerce disponibiliza inúmeros relatórios: de acessos, origem do tráfego, carrinhos abandonados, clientes, pedidos, pagamentos, produtos, auditoria de usuários e outros mais.

Personalização

Com uma loja virtual, diferente das redes sociais e marketplaces, por exemplo, você tem total liberdade sobre a personalização, podendo deixar o seu negócio com a sua cara. Fica mais fácil criar a identidade da sua marca e segui-la.

 

É possível acessar o código-fonte HTML, CSS, JavaScript dos temas e de várias outras áreas da loja. Com isso é possível fazer personalizações avançadas do jeito que você quiser, basta ter os conhecimentos técnicos necessários ou contratar o profissional de sua preferência.

 

Dentre os aspectos que são possível personalizar, encontram-se:

 

  • Cabeçalho;
  • Rodapé;
  • Menu;
  • Listagem de produtos;
  • Banners;
  • Exibição de produtos;
  • Categorias e subcategorias;
  • Colocar vídeos em produtos;
  • Filtragem de produtos.

Suporte humanizado

Em uma plataforma de e-commerce, você possui um atendimento totalmente humanizado e preparado para atender sua loja virtual da melhor maneira por diferentes canais: chat online, ticket de suporte, e-mail e telefone!

 

Com um atendimento rápido e eficiente, fica mais fácil para você criar sua loja virtual e escalar suas vendas.

Ainda existem plataformas que disponibilizam times de Onboarding que acompanham os primeiros passos do projeto de sua loja virtual, de forma a certificar que você esteja cada dia mais habituado na plataforma de e-commerce e que seus resultados estejam evoluindo dentro das suas expectativas. Outro diferencial que você pode achar no mercado são consultorias de marketing digital.

Integrações de pagamento

É possível integrar seu e-commerce com os principais meios de pagamento, frete, ferramentas de aumento de conversão, sistemas de gestão ERP e muito mais. Encante seus clientes com o meio de pagamento preferido deles: cartão de crédito, boleto ou Pix, por exemplo!

 

Você pode oferecer quantas formas de pagamento quiser, diminuindo assim o abandono de carrinho. Além disso, com a integração, fica muito mais fácil identificar os pagamentos nos pedidos feitos e deixar a tarefa automatizada, agilizando muito o processo, poupando trabalho manual também.

 

Leia este post e descubra cinco diferentes tarefas que podem ser automatizadas em seu e-commerce!

Integrações de frete

Com diversas integrações de frete na loja virtual, fica fácil agradar seus clientes e vender mais. Você pode escolher a melhor integração para o seu e-commerce, oferecer frete barato e surpreender clientes com uma entrega rápida e eficiente.

 

Você pode usar, por exemplo, os Correios e todos os seus serviços, além de ter cálculo de frete integrado via API. Para um sistema de logística ainda mais eficiente, é possível que você tenha um contrato com os Correios ou até mesmo com alguma transportadora de sua preferência.

 

Outra opção é o Frete Customizado. Caso as integrações com Correios e transportadoras não atendam, configure fretes personalizados, onde poderá montar tabela de CEP, pesos e valores como quiser!

O que é preciso para abrir um e-commerce?

O primeiro passo é criar um domínio e se certificar de que ele está disponível para registro. O domínio do site é nome do link, como por exemplo: www.e-sporte.com. O ideal é que o domínio tenha o nome do seu e-commerce (isso facilita para os clientes fazerem essa associação).

 

A hospedagem do seu site também deve entrar em pauta na hora de abrir um comércio virtual. Além disso, é preciso pontuar que você deve investir em divulgação para que a sua loja se torne conhecida e atraia mais clientes.

 

Está na hora de dar o primeiro passo e finalmente criar sua loja virtual!

Qual é a melhor maneira de abrir um e-commerce?

A maneira mais segura e eficiente de começar um e-commerce é através de uma plataforma. É através dela que o seu e-commerce será gerenciado e fornecerá apoio para o que deve ser construído. Contudo, é muito importante ter o cuidado na hora de escolher a mais ideal para os seus negócios, pois os serviços oferecidos variam de empresa para empresa.

 

Isso significa que a questão de flexibilidade, de atendimento das suas necessidades (tanto atuais, quando de longo prazo), de suporte e de valores são bem diferentes entre um serviço e outro.

 

O ideal é que seja escolhida uma plataforma que caiba no seu bolso, mas que ao mesmo tempo seja flexível para que você possa realizar as alterações necessárias, e que acompanhe o crescimento de seu negócio.

 

Optar por criar um e-commerce no Brasil, além de ser necessário empregar menos dinheiro, é uma excelente forma de conseguir aumentar a renda ou, finalmente, dedicar ao seu próprio negócio.

 

E você, está pensando em abrir um e-commerce? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário!

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais também: Twitter, Facebook, Instagram eYouTube.


Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Não perca nenhuma novidade!

Inscreva-se em nossa newsletter para receber em seu e-mail as novidades e posts recentes da iSET

Novidades iSET

Nossas redes sociais