fbpx

Neste post, você irá aprender a fazer o planejamento estratégico do funil de vendas de marketing de conteúdo do seu e-commerce!

 

O Marketing de Conteúdo é um conjunto de estratégias de comunicação com seu público-alvo que tem como objetivo crescer a sua base de clientes e de potenciais clientes, os atraindo através da criação de conteúdo relevante e valioso!

 

Conteúdo é tudo aquilo que entrega a sua mensagem para sua audiência. Pode ser um texto, um vídeo, um áudio ou até uma imagem. 

 

Investir em estratégias de Marketing de Conteúdo pode ser muito importante para um e-commerce, uma vez que ele tem como objetivo convencer seu possível cliente a se tornar finalmente um cliente!

 

Sendo assim, continue lendo o post com atenção para saber como fazer o planejamento estratégico do funil de vendas de marketing de conteúdo do seu e-commerce! Vamos lá!

Funil de vendas

Existem inúmeras possibilidades de se planejar um funil de venda de marketing de conteúdo. Cada uma se adapta de acordo com seus objetivos e metas

 

O funil de vendas foi desenvolvido para atender às empresas que buscam aumentar as vantagens competitivas. 

 

Para entender o funil de vendas de marketing de conteúdo, primeiro, é preciso entender o funil geral. Funil de vendas é uma ação de acompanhamento do cliente em todas as suas etapas de interação com a empresa, da prospecção à concretização do negócio

 

Você sabe exatamente o que é marketing digital, como ele funciona e quais os seus benefícios para seu e-commerce? Leia nosso post para aprender tudo sobre o assunto

 

Ele é um conceito muito funcional para o marketing digital do seu e-commerce, chamado assim por ser representado por um funil.

 

O funil de vendas é dividido em três grandes partes, a primeira é o topo do funil, nele estão aqueles que ainda não conhecem a sua empresa. Já no meio do funil, ficam os leads, potenciais clientes e, por fim, no fundo do funil, se encontram os clientes efetivos, aqueles que aproveitam uma oportunidade para tomar a decisão de compra.

 

Com o funil de vendas, é possível reduzir erros, padronizar abordagens, alinhar as ações na empresa e criar uma espécie de cronograma a seguir para atingir as metas!

Fazendo o planejamento do seu funil de vendas

Bom, agora que você já sabe o que é o funil de vendas, quais são suas etapas e as vantagens do planejamento estratégico do funil de vendas do seu e-commerce, falta saber como montar um para suas estratégias de marketing de conteúdo!

 

Vou montar um exemplo de funil de vendas de marketing de conteúdo que você seguir ou se inspirar para fazer o seu planejamento, vamos lá!

 

Primeiramente, tenha um blog, se você já tem, ótimo! Você está no caminho certo! O blog recebe acesso orgânico que vem do Google.

 

Mas, claro que isso só é possível graças a disponibilidade de conteúdo relevante em torno dos termos pesquisados pelo seu público-alvo. Ou seja, quanto melhor for seu conteúdo e quanto mais posts seu blog tiver, maior será o tráfego que você vai conseguir gerar!

 

Depois disso, o próximo passo dessas pessoas que acessam o blog é clicar em uma chamada de ação (CTA: call to action). Essa “isca” pode ser um e-book, por exemplo!

 

A CTA é importante para que, seguindo o exemplo do e-book, a pessoa entre em uma página que oferece o e-book (landing page), que é também conhecida como página de captura. 

 

Essa página pede pede o e-mail da pessoa em troca desse conteúdo rico (e-book). Quando a pessoa converte nessa página, ou seja, deixa o e-mail para baixar o conteúdo, ela cai em um funil de e-mail!

 

Neste post, conheça mais sobre o e-mail marketing e como ele pode mudar a visão dos seus clientes em relação ao seu negócio!

 

No funil de e-mail, a pessoa recebe os e-mails que você seleciona. O primeiro pode ser alguma dica complementar e convidá-la pra conhecer a sua loja. O segundo pode ser algumas novidades e/ou ofertas que você tem na loja, para despertar o interesse nela. E assim vai!

 

Depois desse primeiro funil de e-mails, chegamos na segunda etapa do funil de vendas, onde está a sua loja virtual em si. Os e-mails têm como objetivo direcionar o público para a loja virtual. Ao mesmo tempo, a loja também tem o seu tráfego orgânico por si só. 

 

As pessoas que chegam à sua loja virtual com o objetivo de comprar seus produtos, vão seguir o caminho do checkout, finalizar a compra e pronto! 

 

Já o pessoal que navega na loja, mas que não chega a comprar, quando tenta sair da loja, pode receber aquelas mensagens de pop-up oferecendo um cupom de desconto mais agressivo que está representado na parte inferior desse funil.

 

Para a pessoa receber esse cupom, ela mais uma vez precisa deixar o e-mail dela. Isso é importante, por que grande parte das pessoas que chegam nessa etapa, sequer passaram por aquela primeira página de captura do e-book. Assim que ela converter nessa etapa, ela será direcionada para outro fluxo de e-mails.

 

Nesse último funil de e-mails você vai fazer algo parecido com a primeira etapa, porém é importante lembrar que nessa etapa já está falando com uma pessoa cuja jornada de compra está mais para o fundo de funil, ou seja, mais perto da compra em si. 

 

Quem não comprou ainda, talvez precise de abordagens diferentes de venda, marketing de conteúdo, quebra de objeções ou, talvez, uma oferta mais agressiva, e é isso que você tem que trabalhar nesses e-mails.

 

Os e-mails podem abordar assuntos como: explicar como seus produtos são bons, que têm garantia, gatilhos mentais focados no que você acredita ser o que mais vai motivar a pessoa a comprar, cupons válidos por um tempo determinado ou para os x primeiros clientes, dentre outros. 

 

Isso vai tirar o cliente de cima do muro e fazê-lo comprar logo na sua loja virtual!

 

Depois disso é só começar a pensar em como fidelizá-lo!

 

Preparamos 5 estratégias para atrair e fidelizar os consumidores. Não perca!

Dicas finais 

  • Quanto melhor o conteúdo de seu Blog e de sua página de vendas ou das descrições de seus produtos, maior tende a ser seu e-mail;
  • Quanto melhor for sua e-mail, mais pessoas vão entrar no seu funil de aquecimento;
  • Quanto melhor for seu cupom, mais pessoas vão entrar no seu funil de oferta;
  • Quanto melhor forem os assuntos dos seus e-mails, mais pessoas vão abrir;
  • Quanto melhor o conteúdo dos e-mails, mais pessoas vão clicar e converter.

 

Agora, é só seguir essas dicas e ideias de demos no post que você vai arrasar com o planejamento estratégico do funil de vendas do seu e-commerce! Boas vendas!

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais  também:  Twitter,  Facebook,  InstagramLinkedIn YouTube.


Comentários

Comentários

Giovanna Quaresma
Graduando Letras na UFMG, estagiária no time de Marketing e Comunicação na iSET e amante de gatos.
Post criado 109

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo