fbpx

Ganhar dinheiro é o que todo mundo quer. Usar a internet para vender pelo Instagram, por exemplo, já virou uma realidade para muitas marcas e pessoas físicas também, no caso dos influencers. Como eles fazem isso? Uma possibilidade é o Close Friends.

 

O recurso até pode ser relativamente novo, mas já se consolidou como uma boa ferramenta de divulgação e consolidação da marca. Tanto é que uma blogueira já causou polêmica ao cobrar uma assinatura de R$ 14,90 dos usuários que queriam acesso aos posts exclusivos.

 

Mas já tem gente ganhando mais de R$ 1 milhão com essa funcionalidade — e você pode ter certeza de que tem mais uma chance de ganhar dinheiro e ter melhoria na sua reputação. Então, que tal saber mais e ver como essa ferramenta vai auxiliar nesse propósito?

Afinal, o que é o Close Friends?

Também chamada de Melhores Amigos, essa ferramenta permite enviar stories a um grupo selecionado de seguidores da sua página. Para as marcas, é a oportunidade de fidelizar usuários por oferecer exclusividade.

 

Apesar de ser bastante usado no ambiente corporativo, o Close Friends deriva do Facebook. Por lá, os adolescentes estavam criando perfis separados para que amigos tivessem acesso a conteúdos mais privados.

 

Daí surgiu a ideia da funcionalidade, que, em princípio, é gratuita. No entanto, se sua marca entrega conteúdos de alto valor, é possível cobrar uma mensalidade, como fez a blogueira Virgínia Fonseca, que tem 4,7 milhões de seguidores.

 

Você sabe exatamente o que é marketing digital, como ele funciona e quais os seus benefícios para seu e-commerce? Leia nosso post para aprender tudo sobre o assunto

Qual o potencial da ferramenta para vender pelo Instagram?

Por oferecer um conteúdo diferenciado e qualificado, qualquer pessoa ou marca pode cobrar para um usuário ter acesso aos seus posts do Melhores Amigos. A proposta é fazer uma publicação que gere valor para agradar a um grupo menor de seguidores.

 

Dentro desse critério, há várias possibilidades. As principais são:

Curso

Com certeza, essa é uma ideia que costuma atrair pessoas. Você pode criar um curso que tenha a ver com sua marca e/ou seus conhecimentos. 

 

Muitos influenciadores já utilizam o recurso dessa forma e vendem, principalmente, cursos de marketing digital. A ideia é explorar as ferramentas visuais do Instagram para aprimorar a oferta.

Consultoria

Para agregar valor, nada melhor que oferecer uma consultoria de um assunto que domina. Essa possibilidade é muito usada pelos coaches, que ficam mais próximos de seus clientes aí oferecem esses conteúdos personalizados.

 

Nesse caso, vale a pena aproveitar a proximidade para começar melhor os seus seguidores. Descubra quais são seus gostos, preferências, habilidades, comportamentos etc. Todas essas informações ajudarão a realizar campanhas e a vender mais pelo Instagram.

Curadoria de outros conteúdos

Nesse caso, a proposta é analisar os conteúdos disponíveis e oferecer apenas os melhores para seus seguidores. Por exemplo, eles gostam de vinho e estão naqueles clubes de assinatura? Mostre quais são os mais indicados.

 

O interesse é pela gastronomia? Por comidas veganas? Por moda? O céu é o limite. O que importa, aqui, é mostrar o que é mais interessante dentro daquele interesse do seguidor.

Dicas específicas

Ante a grande quantidade de conteúdos disponíveis, você precisa se colocar como referência. É aí que pode aproveitar para vender mais pelo Instagram.

 

Nesse caso, você usa o Close Friends para oferecer ficar específicas sobre o assunto pelo qual seu perfil é conhecido.

 

Um influencer de atividades físicas, por exemplo, pode oferecer treinos personalizados para a lista de melhores amigos. Ainda pode criar uma semana ou um mês de detox com um prêmio para as pessoas que conseguirem os melhores resultados.

 

Quer descobrir como fazer sua loja virtual bombar em vendas no Instagram? Então, confira nossas dicas!

Como os influencers usam esse recurso nos seus perfis?

Os influenciadores cobram uma assinatura para os seguidores terem acesso aos conteúdos exclusivos. Eles continuam postando stories, mas as melhores informações vão para a lista de Close Friends.

 

A cobrança chega a R$ 250 por mês. Tudo começou, porém, com a Virgínia, que já citamos. Ao abrir 500 vagas no Melhores Amigos, ela conseguiu uma renda de R$ 7.500 mensais.

 

Outros exemplos de sucesso são:

 

  • Raiam Santos: começou cobrando R$ 400 por ano para entregar conteúdos exclusivos. Hoje, exige R$ 3.000 anuais para oferecer ficar de marketing digital e estratégias para ganhar dinheiro na internet;
  • Hulisses Dias: cobra R$ 997 por ano para oferecer dicas de finanças, dados empresariais e entrevistas.

 

 Esses exemplos mostram que é possível potencializar o principal de vendas do Instagram. Para isso, é preciso contar com uma ferramenta especializada, que ajude a gerenciar as postagens do grupo de usuários que integra o Close Friends.

 

Como resultado, você cuida uma comunidade mais engajada, ao mesmo tempo que mantém a segurança e a privacidade das pessoas. Além disso, contar com a função de agendamento ajuda a trabalhar os conteúdos de forma precisa e divulgá-los nos melhores horários.

Como funciona o Close Friends do Bume?

O Bume tem o primeiro marketplace de Close Friends do mundo e também é a primeira plataforma do Brasil que faz a gestão da lista de Melhores Amigos do Instagram.

 

Por meio da solução, você gerencia seu perfil, publica nos melhores horários e divulga o Close Friends. Todos os assinantes, pagos ou não, são organizados pela própria plataforma.

 

Sempre que alguém se descadastra ou pede para ser adicionado, a inclusão ou a remoção da lista é automática. Você ainda tem acesso a uma página personalizada, que permite gerenciar os conteúdos exclusivos.

 

A cobrança da assinatura é feita direto no cartão de crédito do cliente todos os meses, sem necessidade de intervenção. Assim, você tem mais tempo para cuidar dos posts, que são o que realmente importam.

 

Você pode vender mais pelo Instagram ao colocar seu perfil no marketplace do Bume. Ali estão divulgados os influenciadores que usam o Close Friends e têm o maior número de acessos.

 

Ao contar com esses recursos, você verá que o gestor para essa funcionalidade atrai seguidores e facilita seu trabalho.

 

Então, que tal vender pelo Instagram com o Close Friends? É só usar a ferramenta da maneira correta e aproveitar o sucesso do seu perfil!

 

Se você quiser conhecer a ferramenta do Bume e o marketplace, acesse o site e veja que o retorno vale a pena!

 

Este artigo foi desenvolvido pelo Bume: uma plataforma de gestão, marketing e vendas nas redes sociais. A empresa ajuda desde pequenos a grandes negócios, autônomos e influenciadores a monetizarem seus conteúdos e a impulsionar resultados.

 

De maneira prática, a plataforma permite que o profissional possa vender mais nas redes sociais ao fazer uso de campanhas, agendamentos de posts, análise de seu perfil diante das melhores práticas de mercado, e oferta de conteúdo através da Lista de Melhores Amigos do Instagram.

 

 

Powered by Rock Convert


Comentários

Comentários

Autor convidado
Os autores convidados do blog iSET são aqueles fazem parceria de Guest Post!
Post criado 66

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo