10 erros para evitar no frete da loja online

Quando tudo funciona perfeitamente, o frete da loja online trabalha como um ponto estratégico dos lucros no e-commerce e, de quebra, garante a satisfação dos clientes. Porém, para que as coisas ocorram dessa forma, é importante ter uma gestão logística e de fretes eficiente.

 

Até porque a recíproca, nesse caso, é verdadeira: uma gestão logística falha pode atrapalhar, e muito, os resultados no negócio. Afinal, ninguém quer ver um cliente reclamando de entregas atrasadas ou produtos que chegam quebrados, certo? Sem falar que, sem planejamento, o frete pode acabar sendo fonte de prejuízos ou carrinhos abandonados!

 

Um erro comum é achar que a única preocupação com frete na loja virtual é fazer com que o produto chegue no prazo informado ao cliente. Sim, isso é realmente muito importante, mas é apenas um dos fatores que pedem a atenção do lojista.

 

Mas não precisa se preocupar! Ao longo deste artigo, vamos mostrar quais são os 10 erros mais comuns no frete da loja online e, claro, dar dicas sobre como evitar cada um deles. Assim você já sabe quais caminhos NÃO seguir e pode até otimizar alguns processos que estão em andamento no seu e-commerce, mas podem ser melhorados. Vamos nessa?

 

Veja quais os 10 erros mais comuns no frete da loja online (e como evitá-los!):

1. Oferecer poucas alternativas de frete na loja online

Um dos principais erros em relação ao frete do e-commerce é achar que todos os consumidores procuram, apenas, pela taxa de entrega mais barata. É verdade que muitas vezes a economia é uma prioridade, mas nem sempre.

 

Uma pesquisa da PwC mostrou que 64% dos clientes estão dispostos a pagar um pouco mais para ter o produto em mãos mais rapidamente.

 

Por isso é fundamental oferecer, no mínimo, duas opções de entrega para o seu público: a econômica (de menor preço, mas prazo maior) e a expressa (de maior preço, mas com prazo mais curto). Desta forma, o cliente vai ter liberdade de escolher qual a alternativa mais conveniente para ele.

 

Existem diversos fatores que ajudam a determinar uma boa experiência de compra, e é por isso que neste post, apresentamos 14 dicas essenciais para você utilizar em seu e-commerce!

2. Trabalhar com poucas transportadoras

Assim como seus clientes, você também deve ter opções! Ao trabalhar com diferentes transportadoras, você vai oferecer ainda mais escolhas para o público, o que é bom.

 

Além disso, você não fica refém de apenas um serviço, o que é ainda melhor! Isso não só representa mais alternativas de prazos e condições nas entregas, mas também diminui as chances de imprevistos.

3. Achar que o prazo de entrega tem relação apenas com o transporte do produto

Você faz a simulação de frete, vê que o prazo de entrega da transportadora é de “até sete dias úteis” e coloca essa informação no site do e-commerce. Já identificou o problema nesse cenário?

 

Bem, antes de chegar à transportadora, o produto passa por uma série de processos internos que devem ser considerados na hora de informar o prazo de entrega:

 

  • Confirmação do pedido e do pagamento
  • Separação do produto no estoque (picking)
  • Preparo da embalagem (packing)
  • Postagem na transportadora

 

Então, digamos que a loja demore dois dias para ter a confirmação do pagamento, leve um dia para cuidar da parte de picking e packing e, apenas no quarto dia após o pedido, a embalagem é realmente postada na transportadora.

 

Saiba mais sobre o tema e conheça algumas sugestões de como desenvolver uma política de trocas eficiente.

 

O prazo do nosso exemplo passa de até 7 dias úteis para, pelo menos, até 11 dias úteis. Esses quatro dias a mais, para quem espera uma entrega, é um atraso considerável!

 

Por isso, faça uma análise na sua loja online e descubra qual o tempo total de entrega do produto, ou seja, considerando os processos internos e o transporte.

 

Lembre-se que cada uma destas etapas vai influenciar no tempo que o cliente vai esperar para receber a compra. Então, quanto mais rápidas elas forem, melhor! Considere otimizar as rotinas envolvidas, como separação e empacotamento do produto. Mas, claro, sem deixar de lado a qualidade!

4. Não aproveitar as ferramentas de integração disponíveis

Bem, considerando que estamos falando de vender pela internet, lembrar que a tecnologia é uma super aliada é chover no molhado. Mas será que você tira o melhor proveito de todas as ferramentas que tem à sua disposição?

 

Atualmente, plataformas de e-commerce e marketplaces apostam alto em integrações que têm, como único objetivo, deixar sua vida mais fácil. Isso vai desde o controle de estoque até o rastreamento da sua encomenda.

 

Por exemplo, integrações com plataformas de gestão de frete permitem que todas as informações importantes para as entregas sejam reunidas em um só lugar, prontas para serem incluídas nas etiquetas de frete da transportadora escolhida. Uma excelente maneira de otimizar os processos internos, como falamos na dica anterior.

 

Além disso, quanto mais automatizados são os processos, menores as chances de equívocos, como o cadastro de uma dimensão errada no cálculo de frete, por exemplo.

 

 

Outra vantagem de integração com uma plataforma de frete é a transparência, já que você pode exibir todas as opções disponíveis para o seu cliente, deixando que ele escolha a mais conveniente. E os consumidores adoram ter essa opção, lembra?

5. Falta de atenção aos cadastros dos produtos

Ao fazer o cálculo de frete, cada informação faz toda a diferença. Embora as transportadoras trabalhem com tabelas de preços diferentes, todas levam em consideração dados como distância percorrida, peso e dimensões dos produtos.

 

Sendo assim, qualquer errinho pode resultar em diferenças no valor real da entrega. Caso o valor fique muito mais alto que o preço real, seu cliente pode desistir da compra, o que não é nada bom. Já se o preço informado ficar mais baixo do que o cobrado pela transportadora, é o lojista que vai arcar com o prejuízo, outro mau negócio!

 

Resumindo: erro no cálculo de frete é sempre um problema. Por isso, fique muito atento ao informar peso, dimensões e outras informações corretamente, ok? Ah, e não esqueça que essas medidas devem ser do produto já embalado para o transporte!

6. Escolher qualquer embalagem para o envio

Encontrar a embalagem certa para cada produto vendido no e-commerce é importante por dois motivos principais.

 

O primeiro é a experiência do consumidor, que vai ser muito mais rica se ele receber os itens em perfeitas condições e, de preferência, em embalagens que agregam valor ao produto.

 

Depois, vem o próprio cálculo de frete! Um dos fatores considerados pelas transportadoras na precificação do frete é a cubagem, medida que faz uma proporção entre o peso real e o volume ocupado pela encomenda. Ou seja, uma embalagem maior que o necessário vai deixar o envio mais caro.

 

Clique aqui e leia nosso post com 5 dicas para você melhorar a credibilidade da sua loja virtual

 

Para simplificar, a embalagem perfeita é aquela do tamanho exato para garantir a segurança do produto durante o transporte, que chegue em boas condições até o destinatário e, sempre que possível, com um toque especial da sua loja online!

7. Esquecer da logística reversa

Pedidos de trocas e devoluções são inevitáveis nas vendas pela internet e podem ocorrer por diversos motivos, desde a desistência da compra (um direito previsto no Código de Defesa do Consumidor) até situações em que os produtos foram entregues com algum defeito ou avaria.

 

É aí que entra em jogo a logística reversa, o caminho de volta que uma encomenda precisa fazer no e-commerce, ou seja, do cliente para o lojista. Nessas situações, a loja virtual deve pagar pelo segundo envio, principalmente em casos de devolução.

 

Faça uma análise dos custos médios com a logística reversa para incluir o gasto no orçamento do negócio. E, claro, facilite o processo, tanto para o cliente, quanto para o dia a dia da loja virtual.

 

As políticas de troca e devoluções devem estar expostas no site da loja virtual, de forma transparente e, de preferência, sem burocracias.

 

Como prevenir é melhor do que remediar, aproveite e veja algumas dicas para reduzir a taxa de logística reversa da sua loja virtual.

8. Oferecer Frete Grátis sem planejamento

Sem dúvidas, o Frete Grátis é um dos gatilhos mentais mais eficientes das vendas pela internet, e parece o plano perfeito para aumentar a taxa de conversão.

 

Contudo, oferecer esse agrado aos consumidores sem analisar as possibilidades do e-commerce pode ser um tiro no pé. É importante pensar bem na estratégia para garantir que a loja virtual não saia no prejuízo, mesmo com um número maior de vendas.

 

Considere oferecer Frete Grátis em produtos específicos, para determinadas regiões ou mesmo a partir de certo valor gasto em compras, o que vai ajudar a aumentar o ticket médio.

 

Neste post, veja 7 dicas para começar o planejamento do seu negócio e fazê-lo crescer.

 

Faça os cálculos e encontre a melhor solução para o seu e-commerce antes de apostar em uma promoção milagrosa!

 

Aqui você pode saber um pouco mais sobre como e quando oferecer frete grátis.

9. Não reconhecer a importância do rastreio das encomendas

Se existe um ponto em comum entre os consumidores online, é a ansiedade pela entrega do produto. Pode ter certeza que quem fez um pedido pela internet ontem, já está atento à campainha hoje.

 

Logo, nada mais justo do que permitir que o cliente possa acompanhar o trajeto das suas compras, certo? Depois de postar a encomenda na transportadora, envie o código de rastreio para o comprador. É um cuidado simples, mas que rende pontos importantes na percepção sobre a loja online.

 

Na verdade, o ideal é que o lojista também faça esse acompanhamento, para que possa se antecipar caso ocorra algum problema. Assim que identificar um possível atraso, entre em contato com o comprador e deixe claro que você já está em busca da solução!

 

Lembre-se que imprevistos são inevitáveis. Contudo, a forma com que as lojas online lidam com estas situações são fundamentais para a experiência do cliente.

10. Gerenciamento de estoque ineficiente

Sim, os problemas com frete podem começar antes do cliente finalizar um pedido. Imagina a frustração em concluir uma compra e só depois descobrir que o produto não está disponível.

 

Por isso uma gestão de estoque eficiente é fundamental! Embora isso possa ser uma dificuldade, principalmente para lojas que vendem em diferentes canais, sistemas de automação como ERPs podem solucionar este problema ao integrar todas as informações sobre o e-commerce em uma única plataforma.

 

Assim fica mais fácil ter certeza de que o pedido realizado pelo consumidor está no estoque, esperando pelo envio!

 

Leia este post e aprenda sobre o controle de estoque e a sua importância para o sucesso de seu negócio!

Bônus: como o Melhor Envio pode ajudar na gestão de frete do e-commerce

Como deu para perceber, o frete da loja online exige uma série de cuidados. Aqui no Melhor Envio, nós fazemos de tudo para facilitar a sua gestão logística e garantir a competitividade do seu negócio.

 

Para começar, em poucos segundos você faz a cotação com diferentes transportadoras em busca dos melhores prazos e condições de entrega. Mas nós não paramos por aí!

 

Após escolher a transportadora, você pode conciliar as informações das vendas em plataformas de e-commerce, marketplaces, HUBs e ERPs, gerar etiquetas de frete e acompanhar sua encomenda, sem sair da plataforma!

 

Faça como os milhares de lojistas cadastrados e aproveite as nossas condições exclusivas, negociadas com as transportadoras parceiras graças ao nosso alto volume de envios.

 

E o melhor é que todas essas vantagens não têm nenhum custo extra! Você só paga pelas etiquetas de frete geradas na plataforma, sem se preocupar com contratos pagos ou número mínimo de encomendas.

 

Acesse o Melhor Envio e faça o seu cadastro!

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais também: Twitter, Facebook, Instagram, LinkedIne YouTube.

 

Por Lívia Antunes | Blog Melhor Envio


Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Não perca nenhuma novidade!

Inscreva-se em nossa newsletter para receber em seu e-mail as novidades e posts recentes da iSET

Novidades iSET

Nossas redes sociais