Conheça a Recuperação de Abandono de Carrinho

O abandono de carrinho no e-commerce é um dos índices mais indesejados e que geram incômodo nos gestores de lojas virtuais.

 

Afinal de contas, o cliente estava a um passo de efetuar a compra e a loja deixa de realizar uma conversão importante. Uma recente pesquisa realizada pelo IBOPE e-commerce apontou que a taxa de abandono pode chegar a 83% nas lojas virtuais de informática e 80% no setor de vestuário e calçados. As categorias com menor taxa de abandono são as papelarias e escritórios com 65%, o que ainda assim representa mais da metade das interações com o carrinho.

 

Quais são os motivos que levam um consumidor a desistir da compra em sua loja virtual? Como resolver esta questão? Confira a seguir indicadores importantes para responder a estas perguntas e elaborar uma estratégia a partir da solução do recuperador de pedidos abandonados.

Motivos

Primeiramente é preciso entender as razões que levam os clientes a desistirem da compra. O telefone tocou? A internet estava muito lenta? Não adianta apenas supor os imprevistos que os consumidores enfrentaram. Por isso, a empresa de consultoria de e-commerce Seewhy investigou os motivos que geram o abandono de carrinho com mais de 600 mil consumidores.

 

As respostas indicam os principais fatores que fazem com que os clientes não concluam a compra. Os custos com transporte aparecem como o principal motivo representando 44%. Na sequência, 41% dos clientes afirmaram que “não estavam prontos para comprar o produto”. Consumidores que queriam comparar preços representam 27% enquanto que 25% deles indicam que o preço final foi o motivo da desistência da compra.

 

Por outro lado, 24% dos consumidores afirmaram que queriam salvar os produtos no carrinho para pensar melhor sobre a aquisição depois. Isto indica que parte dos consumidores pode voltar ao site e concluir a compra. De fato a pesquisa também aponta que apenas um quarto dos consumidores não retorna à loja, enquanto que 75% deles possuem a real intenção de concluir a compra. A questão para as lojas virtuais é como fazer com que este cliente volte.

Solução

Com o recuperador de pedido abandonado é possível enviar e-mails aos clientes que não finalizaram os pedidos. Estas mensagens funcionam como lembretes aos consumidores que chegaram até a escolha da forma de pagamento, mas que por razões diversas não concluíram a compra.

 

O sistema de e-commerce pode ser configurado de acordo com a demanda do lojista, disparando os e-mails de lembrete no tempo que desejar, com formatos e aparência também exclusivas. É possível também configurar mudanças do conteúdo, possibilitando a oferta de descontos, promoções ou condições especiais de pagamento.

Cuidados

Para os clientes a vantagem é que estes sistemas permitem que continuem a compra a partir do passo que estavam, ou seja, sem ter que necessariamente escolher todos os produtos novamente. Entretanto nem todos os consumidores veem com bons olhos estes lembretes por e-mail marketing. De acordo com pesquisa realizada pelas empresas Bronto e Magento a aceitação dessas mensagens que alertam sobre as compras não finalizadas varia de acordo com o perfil do consumidor.

 

Os clientes de e-commerce foram divididos em três categorias de acordo com sua regularidade de compras; compradores frequentes, ocasionais e não frequentes. Questionados sobre a utilidade e aceitação destas mensagens as respostas variaram. Enquanto 59% dos consumidores regulares acreditam que e-mails de lembretes são úteis, este índice cai para 35% no caso de compradores não frequentes.

 

Os dados sugerem que os e-mails marketing sobre compras não concluídas são apreciados pelos consumidores de e-commerce frequentes, mas que podem se mostrar incômodos ou intrusivos para compradores menos regulares. Por isso, esteja atento e adote estratégias diferentes para cada um destes públicos, de forma a garantir a conversão da compra e o retorno do cliente.

 

Neste post, conheça mais sobre o e-mail marketing e como ele pode mudar a visão dos seus clientes em relação ao seu negócio!

 

Você já mediu suas taxas de abandono de carrinho? Conseguiu melhorá-las? Conte suas experiências nos comentários!

 

 

Além disso, siga a gente em nossas redes sociais: Twitter, Facebook, Instagram e YouTube.Também possuímos várias dicas incríveis lá!


Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Não perca nenhuma novidade!

Inscreva-se em nossa newsletter para receber em seu e-mail as novidades e posts recentes da iSET

Novidades iSET

Nossas redes sociais