Passo 8: otimize sua loja virtual com técnicas de SEO e melhore seu posicionamento nos mecanismos de busca

SEO

Você sabe o que é SEO? Essa abreviação significa Search Engine Optimization, ou Otimização para Motores de Busca.

Muito além do que um conjunto de normas e técnicas, o SEO se tornou uma forte área do Marketing de Conteúdo envolvendo organizações e profissionais especializados do mundo todo.

Estratégias de SEO visam aumentar os números de vezes em que sua loja virtual é encontrada em motores de busca, como o Google, por exemplo.

O topo da página dos mecanismos de busca, principalmente do Google, é um dos principais objetivos de muitos empreendedores.

Simplesmente porque é do conhecimento de todos que a partir desses sites é que muitos usuários descobrem novos serviços, produtos e empresas, se transformando em clientes em potencial.

Estar no topo é tão importante que muitas marcas gastam milhares de reais para manter seus anúncios acima dos resultados orgânicos da busca, tentando simular que estão em primeiro lugar.

Porém, manter suas páginas otimizadas para SEO pode funcionar tão bem quanto comprar anúncios, sem a desvantagem do alto custo.

Abaixo listamos algumas dicas para criar uma loja online otimizada para o Google e Bing!.

 

Velocidade de carregamento da página

Há alguns anos o Google disse que a velocidade de carregamento das páginas entraria para o seu algoritmo de ranqueamento. Em resumo, isso influencia de maneira direta na experiência do usuário e faz com que ele fique mais ou menos tempo navegando.

Portanto, como já foi dito anteriormente, é preciso tomar cuidado com o tamanho dos arquivos de imagem, vídeos e banners na sua loja virtual, pois eles interferem na velocidade de carregamento da sua página e consequentemente no sucesso da sua estratégia de SEO.

Nesse artigo você pode acompanhar um pouco mais sobre SEO, dicas capazes de aprimorar o desempenho do seu e-commerce e a experiência de compra do consumidor, além de ranquear a sua loja virtual para as primeiras páginas do Google.

 

Existem diversos fatores que ajudam a determinar uma boa experiência de compra, e é por isso que neste post, apresentamos 14 dicas essenciais para você utilizar em seu e-commerce!

 

Capriche nas imagens

As imagens são essenciais para o seu consumidor e para o algoritmo do Google, afinal estão intimamente ligadas à experiência do cliente. Ainda assim, as páginas de produto do e-commerce brasileiro costumam ter em média menos de 3 imagens.

O nome do arquivo de imagem também merece atenção. Opte sempre por escolher um nome que explique bem a sua imagem. Por exemplo: use “celular_samsung_pocket.jpg” ao invés de “img65826.jpg”.

Além disso, não se esqueça de informar o atributo alt text (texto alternativo) das suas imagens.

Ele é fundamental para o ranqueamento da sua página. Além de servir para descrever imagens para quem tem deficiência visual, o alt text auxilia o Google a compreender do que aquela imagem se trata. Portanto, insira a sua palavra-chave nesse local sem exceção.

Tome cuidado com o peso dos arquivos de imagem, pois eles influenciam na velocidade de carregamento do seu site, o Google penaliza páginas lentas.

Existem ferramentas gratuitas online que podem te ajudar a reduzir os seus arquivos sem perda de qualidade.

 

 

Crie títulos únicos e precisos

A tag de título <title> serve para informar tanto aos usuários quanto aos mecanismos de busca qual o tema de uma determinada página. A tag fica dentro da tag <head> do documento de HTML.

O recomendado é que cada página tenha um título único no seu site. Essa tag também será o conteúdo presente na primeira linha do resultado da busca.

Os buscadores sugerem que o título descreva com clareza e precisão o conteúdo das páginas, além disso, também é recomendado que você evite utilizar títulos padrões ou genéricos como “Sem título” ou “Nova página 01”.

Também deve-se evitar utilizar os mesmos títulos para todas as páginas do site, esse tipo de prática prejudica o rankeamento diante dos algoritmos de busca.

 

Você sabe exatamente o que é marketing digital, como ele funciona e quais os seus benefícios para seu e-commerce? Leia nosso post para aprender tudo sobre o assunto

 

Melhore a estrutura das suas URLs

Um dos maiores problemas em lojas virtuais são as URLs pouco amigáveis tanto para os usuários quanto para o SEO da página. URLs confusas, que contém muitos parâmetros irreconhecíveis são difíceis de serem memorizadas pelos usuários e despertam certa desconfiança.

Além disso, é preciso lembrar que a URL será exibida junto com o resultado da busca e pode ser usada por usuários para referenciar sua loja.

É recomendado que suas URLs contenham apenas palavras e essas sejam relevantes para os usuários.

Ter seu diretório de conteúdo bem organizado também facilita que os motores dos sites de busca indexem todas as suas páginas, melhorando o posicionamento do seu site nos mecanismos de busca.

 

SEO

 

Utilize meta tag de descrição

A meta tag de descrição (meta name=”description”) dá aos mecanismos de busca um resumo do assunto da página. Por possuir mais espaço para o conteúdo maior do que a tag title, indica-se usar duas ou três frases, até um pequeno parágrafo, para descrever o conteúdo da sua página.

Essa mesma descrição talvez seja usada para aparecer no resultado da busca, porém, é comum que os buscadores utilizem o texto de dentro da página quando a busca do usuário for mais específica.

A tag descrição merece a mesma atenção dada ao título, ou seja, também deve ser escrita com precisão e utilizando informações que despertem o interesse do usuário.

As dicas acima compreendem o básico sobre SEO, o que significa que você pode investir em práticas de usabilidade, sitemaps e páginas de conteúdo como blogs e e-books.

Caso tenha restado alguma dúvida sobre otimização para lojas virtuais, aproveite os comentários abaixo para conversar conosco.

Leia também:

 

Não se esqueça de se inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais também: Twitter, Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Não perca nenhuma novidade!

Inscreva-se em nossa newsletter para receber em seu e-mail as novidades e posts recentes da iSET

Novidades iSET

Nossas redes sociais