fbpx

A Black Friday é o evento que reúne as melhores promoções em diversos setores do comércio. Nos Estados Unidos, ela acontece na sexta-feira seguinte ao Dia de Ação de Graças; no Brasil, a Black Friday 2020 será no dia 27 de novembro mas costuma se estender pelo sábado e domingo (Black Weekend) e até mesmo durante toda a semana (Black Week).

 

Por ser um dos momentos mais aguardados do ano pelos consumidores, o evento é também um dos mais esperados por comerciantes, especialmente no meio digital.

 

E-commerces de todos os nichos preparam-se para receber um grande aumento no número de acessos e conversões. Lembre-se: é preciso começar a planejar e organizar sua estratégia de marketing digital para e-commerce pelo menos um mês antes da data.

Aumento das vendas online em 2020

Apesar de o ano de 2020 ser marcado por uma significativa crise global, diretamente relacionada à pandemia de Coronavírus, as vendas online tiveram um importante crescimento.

 

De acordo com a revista Exame, um relatório da Ebit/Nielsen indica que o faturamento do e-commerce no Brasil, neste ano, subiu cerca de 47% no primeiro semestre, o que representou a maior alta dos últimos 20 anos.

 

Isso se deve especialmente ao isolamento social, que teve profundo impacto nos hábitos de compras dos consumidores e fez com que alguns deles fizessem sua primeira compra online durante a quarentena.

 

Pensando nessa data tão importante, elaboramos algumas dicas que não podem ser ignoradas na Black Friday. Confira!

 

Você sabe exatamente o que é marketing digital, como ele funciona e quais os seus benefícios para seu e-commerce? Leia nosso post para aprender tudo sobre o assunto

5 dicas de marketing digital para e-commerces aproveitarem a Black Friday

Antes de tudo, um pouco de contexto:

 

Originalmente, a Black Friday foi criada para acabar com os estoques das lojas físicas nos Estados Unidos, com o objetivo de preparar as novidades e os lançamentos para o Natal (a maior data de vendas).

 

Os lojistas reduziam os preços dos produtos, usando grandes promoções, de 50% ou 70%, e assim geravam caixa para trazer novidades, lançamentos e versões mais atualizadas dos itens, visando a demanda das festas de fim de ano.

 

Com o passar dos anos e a adesão por grande parte da população, a Black Friday tornou-se até mesmo maior do que o Natal em segmentos como tecnologia, eletrônicos e eletrodomésticos e, aos poucos, também em outros segmentos.

 

Considerando o grande aumento da demanda nesse período, e consequentemente da concorrência, é cada vez mais necessário saber como destacar seu negócio.

 

Veja a seguir algumas dicas imprescindíveis para preparar seu e-commerce para a Black Friday. Apostar em estratégias de marketing digital, neste caso, pode fazer toda a diferença para as suas vendas do período (e posteriormente também).

 

E-book 6 Estratégias pouco exploradas por quem vende em e-commerce

1- Escolha os produtos certos para entrarem na promoção

Dois dos aspectos que definem o período de Black Friday são: preços baixos e vendas em grandes quantidades. Por isso, a movimentação inicial tende a ser colocar todos os produtos em promoção e aumentar o estoque de maneira geral.

 

Mas isso não é o ideal.

 

Para garantir sucesso na data, é preciso selecionar produtos específicos que devem entrar em promoção, assim como definir quais deles precisam ser estocados em maior quantidade.

 

Uma boa dica é determinar as ofertas da Black Friday de acordo com a procura pelos itens em dias normais. Por exemplo, não vale a pena colocar em promoção, por um preço muito baixo, um produto que venderia tranquilamente em dias comuns.

 

Nesse sentido, é mais interessante reservar preços promocionais para produtos menos procurados no dia a dia ou para itens nos quais seu e-commerce compete diretamente com a concorrência – nesse caso, negocie com fornecedores e reforce o estoque!

 

Vale lembrar que as promoções de Black Friday devem ser significativas, com preços agressivos. Nada daqueles pequenos descontos, como 5 ou 10%. A ideia é baixar as margens e ganhar no volume. Muitas lojas optam por “combos”, que são ofertas com kits de produtos combinados a preços bem atrativos e com frete grátis.

 

Quanto à estocagem, não compre em grande quantidade do fornecedor uma mercadoria que não terá saída no período. A menos que haja excelentes condições especiais na aquisição e você possa abaixar muito o preço, garantindo, ainda assim, um bom lucro.

 

Saiba 7 cuidados essenciais para você conquistar melhores resultados e uma gestão aprimorada.

2- Pense na jornada de compra do cliente

Conhecer o caminho que os usuários percorrem no seu e-commerce é fundamental para entender o que funciona, o que não funciona e o que ainda pode ser potencializado no seu negócio.

 

Por isso, esteja atento a dados como abandono de carrinho e taxa de rejeição, e tenha em mente que a experiência do cliente é um dos aspectos mais importantes para garantir bons resultados na Black Friday (e em qualquer outra data).

 

Crie conteúdos verdadeiros e úteis, que respondam a possíveis dúvidas do consumidor e que deixem claras as informações sobre seu e-commerce e sobre os produtos. Invista nas redes sociais, mas não deixe de lado o conteúdo do próprio site.

 

Uma das dicas mais importantes para auxiliar o cliente na compra online é esclarecer todos os detalhes acerca da mercadoria. Além de inserir todas as informações na descrição dos itens, inclua também fotos tiradas de diversos ângulos, afinal 49,4% dos consumidores afirmam que não compram caso não haja pelo menos uma foto do produto no site (estudo da Lett).

 

Isso contribui para que o cliente fique seguro ao fazer a compra, já que ele terá que escolher o produto à distância. Além disso, é importante também para evitar inseguranças relacionadas à chamada “black fraude”.

 

Por fim, garanta a integração dos canais (redes sociais, site, newsletter, etc), utilize as redes sociais como “vitrines” e lembre-se de criar uma comunicação de Black Friday com antecedência, para preparar seu público para a data.

 

Existem diversos fatores que ajudam a determinar uma boa experiência de compra, e é por isso que neste post, apresentamos 14 dicas essenciais para você utilizar em seu e-commerce!

3- Revise o SEO do seu site

Estratégias de marketing digital para e-commerce são sinônimo do combo “marketing de conteúdo + técnicas de SEO”. Por isso, a criação do conteúdo deve estar diretamente relacionada a princípios de SEO, capazes de contribuir com a visibilidade do site no Google.

 

O primeiro passo é analisar a estrutura do site no que diz respeito a títulos, descrições de produtos, URLs e conteúdos relacionados. É preciso garantir, por exemplo, que, em cada página, seja utilizada a palavra-chave principal no título, nas descrições, nos subtítulos e também na URL.

 

Além disso, vale pesquisar as palavras-chave genéricas mais buscadas para o período (por exemplo, “Black Friday 2020” ou “promoção Black Friday”) e utilizá-las em conjunto com palavras-chave específicas, que estejam diretamente relacionadas ao segmento do seu e-commerce (como “Black Friday celular” ou ainda “iPhone 8 Black Friday”).

 

Apostar em palavras-chave estratégicas contribui não apenas para aumentar a visibilidade frente à concorrência no Google, mas também para atuar em áreas onde usuários estão mais direcionados e propensos a converter.

 

Isso porque alguém que procura pelo modelo exato de um celular está mais propenso a comprar do que quem procura apenas por “celular”, sem especificações, por exemplo.

 

Powered by Rock Convert

4- Garanta o desempenho do seu site

Mesmo em períodos normais de vendas, é importantíssimo que o site do seu e-commerce tenha um bom desempenho, um tempo de carregamento curto e que seja responsivo, ou seja, que funcione também na versão mobile.

 

Em tempos de Black Friday, isso tudo torna-se ainda mais indispensável.

 

Considerando que, nesta data, os acessos aumentam muito, o site deve estar preparado para atender à demanda, sem sair do ar e sem demorar muito tempo para carregar, evitando, assim, qualquer prejuízo nas vendas.

 

Além disso, de acordo com o estudo “Como os brasileiros compram online”, feito pela Web Estratégica em parceria com a SEMrush, 70% das visitas nos 100 maiores e-commerces do Brasil são feitas via mobile.

 

Ou seja: ter um site responsivo é determinante para garantir as vendas!

 

Powered by Rock Convert

5- Aproveite para aumentar sua lista de leads e conhecer mais seus clientes

Uma das principais dicas da Black Friday é aproveitar o evento para coletar informações sobre prospects e leads. Dessa forma, fica mais fácil entender quem são seus potenciais clientes, quais são as dificuldades que enfrentam na hora da compra, o que procuram, etc.

 

Por isso, inclua no site formulários, botões de cadastro para Newsletter, pesquisas de satisfação ou outras formas de fazer com que os usuários deixem informações importantes sobre eles, para que você crie uma base de dados e conheça a jornada de compra dos seus consumidores.

 

Pode ser que pareça invasivo solicitar dados pessoais logo no primeiro acesso. Nesse caso, uma boa opção é começar pedindo apenas nome e e-mail e, na próxima oportunidade, solicitar informações mais específicas para completar o cadastro.

 

O importante é saber quem são seus consumidores e entender seus interesses e dificuldades, para garantir proximidade e um atendimento cada vez mais personalizado.

 

Powered by Rock Convert

A Black Friday deve ser apenas uma parte da sua estratégia

Trazemos verdades: sua estratégia de marketing digital para e-commerce não deve restringir-se apenas ao período de Black Friday. É preciso ir além.

 

Para garantir bons resultados neste período, você deve começar a implementar as dicas pelo menos um mês antes. Dessa forma, os consumidores ficam atentos à movimentação e já sabem que podem esperar preços baixos e produtos de qualidade no seu e-commerce.

 

Além disso, é possível aproveitar as vendas feitas e os leads captados durante a Black Friday para estruturar campanhas após o evento. Quem sabe começar a pensar em ações para o Natal? Essa pode ser uma ótima oportunidade.

 

Por fim, vale ressaltar que, para garantir bons resultados durante o ano todo, é preciso manter as estratégias de maneira geral, revisitando sempre as páginas do site para que estejam otimizadas, e garantindo ainda regularidade na criação de conteúdo para redes sociais.

 

Seguindo todas essas dicas, você tem tudo para potencializar as vendas do seu e-commerce na Black Friday 2020 e também durante o ano todo!

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais  também:  Twitter,  Facebook,  InstagramLinkedIn YouTube.


Comentários

Comentários

Autor convidado
Os autores convidados do blog iSET são aqueles fazem parceria de Guest Post!
Post criado 96

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo