Aprenda como precificar serviços de Marketing Digital

Qualquer empresa que deseja se destacar no mercado precisa desenvolver processos básicos de funcionamento. No caso de agências de comunicação e publicidade não é diferente. Um dos principais focos de quem lida com o atendimento ao cliente é precificar serviços de Marketing Digital.

 

Para te ajudar nessa tarefa, elaboramos um passo a passo prático e objetivo. Confira abaixo!

Como precificar serviços de Marketing Digital?

Uma proposta comercial de sucesso precisa de um olhar atento. Não é à toa que muitas empresas lutam na hora de precificar serviços de Marketing Digital. Evite erros. É preciso fugir de preços baixos ou altos demais, buscando o orçamento ideal.

 

Como defini-lo? Fique atento aos passos abaixo:

1. Defina o escopo do seu projeto

O que o seu cliente quer e para que precisa da sua agência? Com base nessas informações, você vai poder definir todos os outros passos.

 

É preciso também mapear a situação atual de quem quer contratá-lo. Tem site? Redes sociais? Base de e-mails? Quais os resultados atuais? Onde ele quer chegar? Existe algum teto de gastos ou limite de tempo?

 

As consultorias, geralmente, se dividem em três momentos:

  • geração de leads aumento do tráfego (orgânico, pago e ímãs digitais) de interessados no site/e-commerce;
  • conversão de leads em clientes — construção de canal de comunicação eficaz para o engajamento;
  • fidelização de clientes — estabelecimento de rotinas e conteúdos para fazer com que o cliente continue a consumir da marca.

2. Divida o projeto em etapas

Defina o que será feito apenas uma vez e o que precisa de acompanhamento constante. Lembre-se de que essas ações que demandam administração periódica da sua agência têm um custo separado daquelas pontuais e das ações únicas.

3. Faça uma lista

Coloque na ponta do lápis as atividades que envolvam o projeto. É preciso saber quais serão as ferramentas e plataformas usadas, as estratégias adotadas e quais indicadores de performance serão acompanhados.

 

Não esqueça de incluir, nessa etapa, a apresentação do projeto para os funcionários da contratante, além de eventuais treinamentos e demonstrações.

4. Defina os custos

A partir da sua lista, fica fácil precificar serviços de Marketing Digital. Inclua a sua mão de obra e os custos fixos da sua agência. Porém, não se esqueça dos serviços e profissionais terceirizados — caso sejam necessários.

Um item muito importante são os impostos e as taxas. Na dúvida, procure seu contador para saber percentuais e casos para aplicação.

 

Por fim, a sua margem de lucro deve ser definida a partir dos seguintes fatores:

  • momento do seu negócio;
  • momento do seu cliente;
  • momento do seu relacionamento com o cliente;
  • margem para negociação.

5. Valorize seu trabalho

Sua empresa vende resultados! Apresente seus cases, experiências profissionais e mostre que o seu serviço é um investimento com boas chances de retorno para o cliente.

 

Evite guerras para baixar o preço! Por isso, é importante definir uma margem para negociar. Foque em resultados a partir das necessidades e dos desejos apontados pelo cliente.

 

Ao fechar negócio, lembre-se de se pautar no contrato para desenvolver as ações. Busque a excelência sempre! Cliente satisfeito é o cartão de visitas para outras oportunidades.

 

Agora que você aprendeu a precificar serviços de Marketing Digital para sua agência, use a área de comentários para tirar dúvidas e dividir suas experiências conosco!

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais também: Twitter, Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Não perca nenhuma novidade!

Inscreva-se em nossa newsletter para receber em seu e-mail as novidades e posts recentes da iSET

Novidades iSET

Nossas redes sociais