Dicas de segurança para WordPress: Como manter o site seguro

O Brasil tem cada vez mais usuários conectados na internet.

 

Ao mesmo tempo, cresce o número de hackers que tentam invadir sistemas e roubar dados e outras informações importantes das páginas.

 

Para se ter uma ideia, o Brasil sofreu 15 bilhões de ataques cibernéticos em 3 meses.

 

O problema é ainda mais grave quando utilizamos senhas de baixa qualidade, não atualizamos os temas das páginas e não temos cuidado com a limpeza do sistema.

 

Se a sua empresa utiliza o WordPress, ela precisa sempre colocar a segurança em pauta.

 

Caso contrário, perderá tempo, dinheiro e informações valiosas da sua organização.

 

Pensando nisso, resolvemos listar diversas dicas para que você aprenda como deixar o seu WordPress mais seguro.

 

Assim, estará mais preparado para executar as suas tarefas no sistema.

 

Continue lendo o artigo e tire todas as suas dúvidas!

Afinal, o WordPress é seguro?

Antes de listar as melhores dicas de segurança para o WordPress é importante deixar claro que o CMS é um dos menos vulneráveis do mundo.

 

No entanto, como todo sistema, ele está exposto e pode sofrer ataques virtuais.

 

Os responsáveis pelas páginas devem ter cuidado com essa questão, pois pequenas tarefas podem fazer grandes diferenças.

 

O lado positivo é que não é necessário ser um especialista no assunto para manter a página protegida. Basta seguir algumas orientações para evitar futuros problemas.

Como manter a segurança no WordPress?

A partir de agora, vamos listar quais são as dicas mais importantes para manter a segurança em seu WordPress.

 

Elas são práticas e contam com auxílio de plugins para deixar o processo ainda mais fácil.

 

Vamos lá?

Crie nomes de usuários e senhas diferentes

Um dos maiores erros dos profissionais que trabalham com WordPress é colocar o próprio nome no login.

 

Esse tipo de atitude aumenta a insegurança da sua página, pois os hackers sempre buscam invadir o CMS com os nomes dos usuários, datas de aniversários e informações que estão ligadas ao seu perfil.

 

Por isso, é fundamental criar uma nova conta com um usuário inusitado.

 

A mesma orientação vale para as senhas. O sistema tem mais segurança quando elas fogem do padrão.

 

O modelo ideal é aquele que contém as seguintes características.

 

  • números;
  • letras maiúsculas e minúsculas.
  • caracteres especiais.

 

Alguns tipos de frases deixam as senhas mais complicadas como: letra de música, ditado ou até uma frase de poesia.

 

Existem ferramentas que ajudam na hora de criar as senhas como LastPass e 1Password.

Limite o número de acesso ao sistema

Ao tentar invadir o seu sistema, os hackers tentam várias combinações de login e senha.

 

Essa ação é denominada de “força bruta”. Para aumentar a segurança, recomendamos estabelecer um número de tentativas de acesso.

 

Assim, a pessoa que está tentando entrar em seu sistema será bloqueado após uma quantidade de tentativas.

 

Você também pode utilizar o Captcha ou desativar o registro de novos usuários.

 

Você sabe exatamente o que é marketing digital, como ele funciona e quais os seus benefícios para seu e-commerce? Leia nosso post para aprender tudo sobre o assunto

Controle o acesso dos usuários da página

Um blog do WordPress pode ter vários redatores que são responsáveis pela produção dos conteúdos.

 

Então, diversos usuários acessam o sistema para editar informações e fazer as postagens na página.

 

O acesso de várias pessoas pode deixar o WordPress mais exposto a ataques virtuais.

 

Uma medida de precaução é utilizar um plugin, que pressione os autores a escolherem senhas seguras.

Atualize o WordPress

A atualização do WordPress é uma das dicas mais importantes quando falamos de segurança. Ela mantém o site limpo e sem malwares.

 

Em um primeiro momento, essa dica pode parecer óbvia. No entanto, ela é muito importante, pois nem todos atualizam o tema para uma nova versão.

Escaneie a sua página

Um pequeno deslize nos temas ou nos plugins das páginas do WordPress pode ser um caminho para que outras pessoas entrem em seu site.

 

Por isso, é ideal escanear as páginas regularmente. Dentre os plugins mais comuns, o WordFence é uma das melhores opções tanto para o processo manual como para o automático.

 

Além dele, existem outros plugins que ajudam a manter a segurança do seu blog ou site. Os mais comuns são: iThemes Security, Wordfence Security, WP fail2ban, All In One WP Security & Firewall, Jetpack, Security Ninja e Astra Web Security.

 

Escolha uma hospedagem de qualidade

A escolha de uma hospedagem é muito importante para manter asegurança da sua página.

 

Algumas vezes, uma decisão errada pode ser mais vulnerável a ataques virtuais.

 

Uma hospedagem compartilhada, por exemplo, deve ser feita com cuidado. Busque isolar a conta de outros usuários.

 

Além disso, verifique se a página tem risco de ser infectada.

 

Você também deve analisar se a hospedagem tem recursos para executar backups e se existe um firewall e programas para verificar a existência de vírus.

Faça uma limpeza em seu WordPress

Uma limpeza no site do seu WordPress também é uma dica que não pode ser ignorada.

 

O profissional deve remover os temas e plugins que não são utilizados e que não foram atualizados recentemente.

 

Os hackers têm o hábito de pegarem os plugins com essas características para entrarem em seu sistema.

 

Ao remover os plugins, você consegue minimizar os riscos e aumentar o nível de segurança.

Faça um backup

Nunca é demais lembrar sobre a importância de fazer o backup em seu WordPress. Esse processo pode ser feito de forma manual ou com o auxílio de plugins.

 

Os plugins mais indicados para o backup são: VaultPress, BackUpWordPress e BackupGuard.

Use um tema original do WordPress

Investir em um tema do WordPress original é fundamental para manter a segurança do sistema.

 

Além de ser crime, um tema pirata pode prejudicar o seu blog ou site.

 

Na internet, você pode encontrar vários tipos de temas piratas. O preço é bastante tentador. No entanto, eles estão infectados com malware.

 

Percebeu que as dicas são mais simples do que parecem? Então, comece a praticá-las agora mesmo, antes que uma ameaça prejudique a sua página.

Mantenha seu computador seguro

Por vezes um computador infectado pode ser a porta de entrada para roubo de senhas e dados importantes, mantê-lo seguro é essencial.

 

Para isso é importante deixar ativo as atualizações do sistema operacional e principais programas, não acreditar em promessas milagrosas na internet e o principal, manter instalado e atualizado um bom software de proteção, no caso de dúvidas de qual instalar, confira um bom ranking de antivírus.

 

Como saber se o WordPress está seguro?

Uma das formas de analisar a segurança de um site ou blog na internet é utilizando algumas ferramentas que ajudam a identificar problemas na página.

 

As ferramentas mais utilizadas são: WordPress Security Scan, Sucuri SiteCheck e SSL Checker.

 

Cada uma tem as suas características. Portanto, conheça os recursos de todas para descobrir qual opção atende melhor o seu perfil.

 

A segurança do WordPress deve fazer parte do processo da sua empresa. Ela não pode ser executada apenas uma vez.

 

Portanto, busque revisá-las constantemente para identificar problemas o mais rápido possível.

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais também: Twitter, Facebook, Instagram, LinkedIne YouTube.


Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Não perca nenhuma novidade!

Inscreva-se em nossa newsletter para receber em seu e-mail as novidades e posts recentes da iSET

Novidades iSET

Nossas redes sociais