fbpx

Administrar uma loja virtual realmente não é uma tarefa das mais fáceis, exigindo atenção de suas operações em todas as suas etapas, processos e atividades, nos mínimos detalhes. Porém, se você se cercar das melhores práticas de planejamento e administração, certamente obterá êxito em seu empreendimento.

 

Além disso, é preciso tornar seu negócio o mais lucrativo possível, e para isso, é necessário reduzir os custos operacionais.

 

Quer saber como fazer isto? Então, me acompanhe nesta leitura e conheça algumas dicas que irão ajudá-lo a reduzir os custos operacionais, melhorando os seus resultados financeiros. Vamos lá?

 

Conheça algumas ferramentas que podem ser muito úteis na gestão financeira de seu negócio.

Escolha da plataforma de e-commerce

Uma das primeiras etapas do  processo para reduzir os custos operacionais é sem dúvida a escolha da plataforma de e-commerce.

 

Existem hoje no mercado várias plataformas disponíveis, algumas inclusive gratuitas. Porém, você deve escolher a plataforma, não somente devido ao preço, mas levando-se em conta que ela deve cumprir com todas as principais exigências do mercado, oferecendo um bom suporte, que permita o crescimento de seu negócio, pois, será ela que irá viabilizar todo o funcionamento de sua loja virtual.

 

Está na hora de dar o primeiro passo e finalmente criar sua loja virtual!

 

Em sua escolha é fundamental observar se a estrutura da plataforma atende suas demandas atuais, bem como se ela é capaz de corresponder às expectativas futuras, crescendo junto com o seu negócio.

 

Uma boa plataforma de e-commerce deve oferecer diversas integrações entre as partes visíveis para o consumidor (front-end) e a interface administrativa que permitirá ao lojista realizar a gestão de sua loja virtual (back-end), agregando assim um custo benefício que atenda as demandas de seu negócio.

 

Após a correta escolha da plataforma que irá hospedar sua loja virtual, é preciso se ater aos demais custos operacionais que um e-commerce possui.

 

Já possui uma loja virtual e gostaria de aumentar suas vendas? Saiba como clicando aqui!

Custos Operacionais

Dentre os muitos custos operacionais desta atividade, existe um muito importante e que não deve ser subestimado, trata-se do Fulfillment (cumprimento, realização, preenchimento), que nada mais é que um conjunto de operações e atividades, executadas a partir do recebimento do pedido na loja virtual, até a sua efetiva entrega ao consumidor final. Portanto, o Fulfillment envolve o recebimento, armazenamento, separação e preparação de pedidos (Picking), faturamento e envio dos produtos.

 

Esta é sem dúvida uma das operações que devem ser muito bem realizadas e acompanhadas para que se possa reduzir os custos operacionais de forma eficiente e ao mesmo tempo mantendo a qualidade do atendimento.

 

Assim, esta prática está diretamente relacionada a todas as operações logísticas e da cadeia de suprimentos, que auxiliam, em muito, no processo de fidelização dos clientes, levando-se em conta que em um mercado extremamente exigente e competitivo quanto o atual, uma prestação de serviços de qualidade torna-se um diferencial muito importante.

 

Preparamos 5 estratégias para atrair e fidelizar os consumidores. Não perca!

 

Todo este conjunto de operações e atividades representam uma parcela significativa dos custos totais de uma loja virtual. Portanto, é muito importante que o lojista fique bem atento a cada uma delas, pois, por exemplo, se um produto for enviado, sem a devida conferência, poderá incorrer em grandes perdas financeiras.

 

Confira abaixo algumas dicas que preparei para que você possa otimizar estes processos e ao mesmo tempo reduzir os custos operacionais de seu e-commerce.

1. Gestão de estoque

Realizar uma boa gestão de estoque é essencial para o bom funcionamento de seu e-commerce, evitando incorrer em erros de registro, perdas de mercadorias e permitindo um eficiente planejamento das compras, além de evitar erros no envio de produtos ou mesmo a falta de produtos o que podem gerar perdas de vendas.

 

Saiba 7 cuidados essenciais para você conquistar melhores resultados e uma gestão aprimorada.

 

Adote os SKU’s (Stock Keeping Unit) ou Unidade de Manutenção de Estoque – que é uma referência ou código que identifica um determinado produto armazenado em seu estoque. Evita confusões e facilitam muito o controle e a procura de um determinado item do estoque.

 

Defina os indicadores chave de desempenho (KPI’s – Key Performance Indicator)Fundamental para uma boa gestão. Onde, através do estabelecimento de métricas é possível mensurar a performance diária, seja de números de pedidos ou mesmo da quantidade enviada, permitindo o controle da produção, determinando se há necessidade de se tomar atitudes diferentes das atuais e que venham a melhorar os resultados futuros.

 

Conheça os 5 indicadores de desempenho mais importantes.

2. Negocie com seus fornecedores

Uma boa negociação com os seus fornecedores pode resultar em preços diferenciados, principalmente se sua demanda for alta.

 

Assim, estabelecer parcerias que valorizem as quantidades e regularidades de suas compras e ou demandas, através de recebimento de descontos ou mesmo condições especiais de pagamento, podem representar um volume de ganhos significativos, além de permitir praticar preços mais competitivos para o seu consumidor final, gerando maiores volumes de vendas.

3. Utilize a Tecnologia a favor de seu e-commerce

Adotar ferramentas capazes de auxiliá-lo na gestão de seu negócio, tais como ERP’s, WMS, TMS, etc., principalmente se sua organização possuir um volume expressivo de pedidos irá te ajudar significativamente.

 

Leia este post e descubra cinco diferentes tarefas que podem ser automatizadas em seu e-commerce!

 

Essas ferramentas são muito importantes como auxiliares para os processos inerentes ao e-commerce, permitindo evitar falhas e ao mesmo tempo oferecer preços e prazos competitivos, ajudando-o a reduzir os custos operacionais  e aumentar o  seu faturamento.

4. Busque a terceirização

Esta pode ser uma boa forma de reduzir os custos operacionais de seu negócio. Caso o volume de pedidos seja expressivo, vale a pena pensar inclusive na possibilidade de se terceirizar essas atividades. Esta já é uma realidade atual e possibilita com que o gestor possa aumentar ou diminuir o seu quadro de funcionários, de acordo com sua demanda, diminuindo os seus custos internos.

 

E por fim, procure sempre se diferenciar de seus concorrentes, oferecendo a seus clientes um diferencial competitivo, fazendo com que sua experiência de compra seja única e perfeita, desde a escolha do produto, passando pelo checkout e o posterior recebimento de seu pedido. Só assim você conquistará a tão almejada fidelização de seus clientes.

 

Espero sinceramente que este post tenha sido útil e que possa contribuir para o sucesso de seu negócio, ajudando-o a reduzir os custos operacionais de seu e-commerce.

 

Se você gostou deste conteúdo, comente aqui embaixo. Você também pode deixar uma sugestão de conteúdo para o nosso próximo post, quem sabe se ele não poderá ser o escolhido para o nosso próximo tema.

 

Ah! E não se esqueça de se inscrever em nossa newsletter e seguir a gente no TwitterInstagramYouTube e no Facebook!

 

Um grande abraço e até a próxima!


Comentários

Comentários

Ângela Pina
Sou graduada em administração de empresas e atuo como Gestora Financeira na empresa iSET. Apaixonada pelo Egito. Adoro ler, principalmente escritores como Agatha Christie e Dan Brown.
Post criado 4

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo