fbpx

Conhecido como uma espécie de shopping virtual, o Marketplace é um modelo de negócio considerado vantajoso para o consumidor que busca marcas e produtos diversos e preços diferenciados.

 

Os mais conhecidos no mercado atual são: Mercado Livre, Americanas, Walmart, OLX, Netshoes, Dafiti, Bom Negócio, entre muitos outros. Mas por quê essa forma de trabalho é tão popular?

 

Vou exemplificar de uma maneira simples:

 

Suponhamos que você abriu uma loja física de roupas feminina, semelhante à de uma amiga. Diferentemente da sua, a loja dela já está estabilizada no mercado há alguns bons anos e em um lugar bem localizado, com bastante movimento. Agora, pense que sua amiga te ofereceu um espaço na loja dela para que você pudesse divulgar os seus produtos e ter um melhor resultado, em troca de uma porcentagem sobre os seus lucros.

 

Já possui uma loja virtual e gostaria de aumentar suas vendas? Saiba como clicando aqui!

 

Imaginou? Isso é MARKETPLACE!

 

Mas como tudo na vida, o Marketplace também tem as vantagens e as desvantagens de se investir. Confira abaixo quais são elas:

Vantagens de utilizar o Marketplace em seu negócio online:

1. Visibilidade

Sem dúvidas, a maior vantagem do marketplace é a visibilidade que ele vai proporcionar ao seu negócio.

 

Quanto mais visitas o site tiver, mais sólido o público dele será. Sabendo disso, entende-se que é eliminada a necessidade de investimento de tempo e dinheiro para publicidade e divulgação.

 

Temos como exemplo o Mercado Livre: acessado por milhões de pessoas diariamente e o MAIOR site do segmento. Além disso, mesmo que sua marca seja nova, uma vez que o seu produto está na vitrine de um dos maiores e-commerces, mais confiança você entrega para o seu público.

 

Gerada a confiança do consumidor, o site é a porta de entrada pra ganhar a credibilidade necessária no mercado. Subentende-se que todos os produtos nele comercializados, são de extrema confiança e qualidade.

 

Clique aqui e leia nosso post com 5 dicas para você melhorar a credibilidade da sua loja virtual

2. Custos e Retorno

O custo de publicidade acaba sendo reduzido em uma plataforma com tantas marcas.

 

Geralmente, você deve negociar com o marketplace os valores de acordo, afinal, ele fornece a vitrine para que você exponha os seu produtos e, consequentemente, receber tráfego e visitações.

 

A margem de lucro do modelo marketplace se torna ainda mais alta uma vez que você não precisa desembolsar com marketing, tecnologia e mídia. Levando em consideração também que, a grande maioria dos marketplaces trabalham com porcentagens sobre lucros ou comissões sobre vendas.

 

Conheça algumas ferramentas que podem ser muito úteis na gestão financeira de seu negócio.

3. Aumento das Vendas

O marketplace oferece uma grande oportunidade do aumento de vendas do seu negócio.

 

Os maiores marketplaces brasileiros possuem em média 40 milhões de potenciais compradores, o que significa que, trabalhando com esse mercado, você amplia em 80% sua possibilidade de novos clientes realmente interessados no seu produto.

 

Um ótimo exemplo disso é a Magazine Luiza: ao procurar um computador, o cliente poderá encontrar diversas marcas, da mais renomada até uma mais recente no mercado. Se as características e o preço do último computador forem mais vantajosas que as demais, é bem provável que o cliente realize a compra. Enquanto isso, se a mesma optasse por trabalhar apenas de maneira convencional, teria um extenso trabalho de construção da marca, relacionamento com público, entre outras longas etapas para enfim conquistar a confiança para realizar uma venda.

 

Preparamos 5 estratégias para atrair e fidelizar os consumidores. Não perca!

4. SEO

Tendo o seu produto em marketplaces, ele aparecerá muito bem indexado e, como consequência, terá uma referência para a sua loja nele.

 

A sua loja virtual própria (caso você tenha uma) ganhará força no SEO, influenciando indiretamente no ranqueamento do seu site, aumentando seus acessos e consequentemente, suas vendas diretas.

 

Você sabe exatamente o que é marketing digital, como ele funciona e quais os seus benefícios para seu e-commerce? Leia nosso post para aprender tudo sobre o assunto

5. Público Diversificado e Evolução do seu Negócio

Muitas pessoas diferentes conhecerão sua marca, trazendo amigos, colegas, conhecidos, parentes para comprar com você. Amplia-se assim, a sua demanda e consequentemente a possibilidade de aumentar o leque e variedade de produtos que você pode oferecer no seu e-commerce.

 

Com esse aumento de visibilidade, clientes e faturamento, o marketplace abre portas para o crescimento do seu negócio.

 

Você ficará mais estimulado a ter ideais cada vez maiores e novas oportunidades surgirão para que você expanda seu negócio.

Desvantagens de utilizar o Marketplace em seu negócio online:

1. A Dependência

A dependência gerada para as empresas que estão inseridas nesse modelo de comércio é um fator que pode e deve ser considerado negativo.

 

Existem vários cenários ruins que podem vir a acontecer, caso você dependa exclusivamente da plataforma. Por exemplo: se o marketplace decide encerrar suas atividades, não só você, mas todos as marcas envolvidas perdem seu canal de vendas.

 

A mudança de regras, aumento das taxas, porcentagem sobre vendas e comissões podem vir a pesar no bolso. Se sua renda depende somente deste canal de vendas, você acaba sendo obrigado a se enquadrar nessa situação onde o marketplace define seus custos e variação.

 

Pensando nisso, é importante ressaltar a importância de se ter uma loja virtual. Caso o marketplace que você venda venha a fechar ou mudar suas regras, você ainda terá sua loja funcionando normalmente e não perderá produtos e informações nele cadastrados.

 

Está na hora de dar o primeiro passo e finalmente criar sua loja virtual!

2. Baque na Personalidade da Marca

Com certeza você já passou por uma situação em que estava conversando com um amigo e elogiou um relógio, por exemplo, e a resposta que ouviu foi: ‘’Obrigada, comprei no Mercado Livre’’. Ok. Mas e a marca desse relógio? Alguém se lembrou de perguntar?

 

Mesmo que o marketplace identifique a sua loja na hora da venda, o cliente ainda assim, estará comprando da “loja x” e não da sua.

 

Fixar a marca na mente do consumidor e gerar uma recompra nessa etapa é mais complicado considerando que, você basicamente não trabalha a personalidade dela.

 

O que pode ser feito neste caso?

 

NÃO EXISTE FÓRMULA PERFEITA, isso é fato! Em consequência de uma série de fatores, o marketplace pode funcionar perfeitamente para alguns nichos, não performar tão bem em outros e ser um completo desastre em mais alguns.

 

Nada impede você de ter sua empresa, seu negócio, seu e-commerce, mas investir também em marketplaces fará muito bem no crescimento da sua loja.

 

Colocando essas duas ações para trabalharem juntas, seu negócio irá crescer, amadurecer e colher os benefícios gerados por ambas.

 

O marketplace é um atalho relativamente mais rápido para levar seus produtos de encontro aos seus clientes mas, ATENÇÃO, caso você tenha uma loja virtual, é importante que você não descuide do seu negócio.

 

Analise o momento atual da sua empresa, a melhor maneira de trabalhar com sua persona e claro, seus produtos.

 

Gostou das dicas sobre marketplace? Compartilhe esse post nas redes e comente abaixo o que achou!

 

Além disso, não se esqueça de inscrever em nosso blog, toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais também: TwitterFacebookInstagram e YouTube.


Comentários

Comentários

Victória Gabriella
Faço parte do time de Vendas na iSET e tenho como principal objetivo fazer você conhecer melhor nossa plataforma para criar sua loja virtual! Nas horas vagas, me dedico à maternidade e setups de lojas.
Post criado 2

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo