Entenda o que é estoque consignado e como ele funciona

O estoque consignado mostrou-se uma alternativa eficiente. Trata-se de uma modalidade que traz uma série de benefícios, desde que os gestores entendam suas especificidades e criem uma estratégia eficiente, baseada na confiança.

 

Esse tipo de estoque é bastante utilizado pelos fornecedores para agilizar a distribuição e expandir seus canais de vendas. Ele também pode transferir os custos de estocagem para o consignante (empresa que cede o espaço para terceiros) ou consignatário (empresa que mantém e distribui os produtos).

 

Nesse contexto, entra o papel do revendedor, empresa ou pessoa responsável pela venda dos produtos e que nem sempre é o consignante ou o consignatário. Neste post, traremos o conceito e o funcionamento, bem como outras informações relevantes acerca do tema. Acompanhe!

O que é estoque consignado?

O estoque consignado é abastecido por fornecedores, geralmente fabricantes, distribuidores ou importadores em regime de consignação. Em outras palavras, a propriedade dos itens permanece do fornecedor, que disponibiliza a mercadoria conforme a aquisição do cliente final.

 

Tudo é estabelecido em contrato, inclusive, o tipo de estoque. Entenda!

 

Estoques em poder próprio

Ocorre quando o próprio fornecedor mantém a estrutura para a venda em consignação pelo parceiro (o revendedor).

Estoque do fornecedor em poder de terceiros

Ocorre quando o fornecedor concede a guarda de seus produtos a terceiros (consignatário ou consignante), transferindo-lhe apenas a posse provisória. O contrato, nesse tipo de consignação, pode ser feito com esse intermediador ou com o próprio fabricante.

Como funciona?

O processo consiste, basicamente, na venda com mais de um atravessador. Veja como funciona:

 

  1. o consignatário recebe a mercadoria do fornecedor;
  2. o revendedor, ao receber o pedido, emite a nota fiscal na modalidade “remessa de consignação” ao consignatário;
  3. o consignatário repassa as encomendas para o cliente final ou revendedor, conforme a demanda;
  4. o fornecedor emite uma nota fiscal de venda ao revendedor.

 

É o consignatário quem faz a verificação do estoque, a separação e o faturamento baseado na contagem anterior e na atual dos produtos. O controle também pode ser feito a partir da informação passada para todos os envolvidos por meio de um sistema (geralmente ERP ou planilha compartilhada), que indica quando há a retirada da mercadoria.

Quais as vantagens desse tipo de transação?

Todos ganham com o modelo de estoque consignado. Vamos aos benefícios!

Menores custos operacionais

Fornecedores e revendedores terão menos custos. O lojista, em especial, tem mais vantagens, pois não terá que investir até que o produto seja vendido e, se a venda for a prazo, poderá fazer levantamentos,melhorando o fluxo de caixa de forma sensível.

 

Já o fornecedor reduzirá os gastos e investimentos com estoque e processos de picking, por exemplo, uma vez que isso será responsabilidade do consignatário.

Dinamismo para o estoque

Em linhas gerais, será possível reabastecer o estoque assim que o produto for vendido. Isso permite identificar e planejar reposições, dessa forma, não haverá falta de mercadoria.

 

Também favorece o revendedor, de modo que ele tenha sempre uma variedade maior de produtos à venda.

 

Saiba mais sobre o tema e conheça algumas sugestões de como desenvolver uma política de trocas eficiente.

Alcance de um mercado mais amplo

Revendedores terão mais recursos (tempo e dinheiro) para criar e colocar em prática campanhas de marketing mais assertivas. O fornecedor ganha muito com isso, pois esses recursos vão se traduzir em vendas e na entrada em novos mercados. Sem contar que é possível aprender com o novo público, aperfeiçoando o portfólio.

Acesso dos clientes a novos produtos

Mesmo que o produto tenha uma boa aceitação, há itens que exigem testes por parte dosclientes, para que eles possam ter a melhor experiência possível.

 

A venda em consignação estimula o poder de persuasão dos lojistas e desafia-os a testar os produtos. O risco acaba sendo menor para o fornecedor, uma vez que o revendedor fornece a exposição necessária para os itens.

Por que apostar nesse modelo?

O estoque consignado, quando bem estruturado, mostra-se uma excelente opção para diferentes tipos de negócios, em especial para as empresas que não dispõem de loja física. É importante, aqui, estabelecer contratos em que ficam esclarecidos a participação de cada uma das partes, os prazos, entre outros pontos para garantir a lucratividade de todos.

 

Gostou do nosso post? Assine a nossa newsletter, fique sempre informado sobre diferentes assuntos e aumente as suas vendas!

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais também: Twitter, Facebook, Instagram, LinkedIne YouTube.


Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Não perca nenhuma novidade!

Inscreva-se em nossa newsletter para receber em seu e-mail as novidades e posts recentes da iSET

Novidades iSET

Nossas redes sociais