Afinal, o que é NPS? Saiba já como aplicá-lo!

O e-commerce pode se valer de diferentes metodologias e ferramentas para obter um diferencial de mercado e aumentar seus resultados. Entre as possibilidades, está o NPS (Net Promoter Score) cujo conceito está ligado à satisfação e à lealdade dos clientes.

 

No post de hoje, vamos apresentar o que é NPS, como calculá-lo e suas vantagens. Acompanhe!

O que é NPS?

O NPS tem como objetivo medir o grau de lealdade dos consumidores da empresa. Muitas organizações aplicam a metodologia devido à sua simplicidade e à confiança conquistada.

 

Em linhas gerais, a metodologia é baseada em uma pergunta-chave: em uma escala de 0 a 10, quanto você indicaria a empresa para um amigo? A partir da nota, os clientes são classificados da seguinte maneira:

Detratores (notas de 0 a 6)

São os clientes que, de alguma forma, estão insatisfeitos com algum ponto no serviço ou produto da companhia.

Neutros (notas 7 ou 8)

Esses nem sempre são clientes leais e, geralmente, só adquirem um produto ou serviço quando realmente precisam. Se o concorrente oferecer melhores preços ou condições, eles tendem a optar por essa proposta.

 

Esse cliente pode até apresentar o e-commerce a algum amigo, mas é possível que ele questione algo, como o tempo de entrega, a embalagem ou outro ponto.

Promotores (notas 9 ou 10)

Em geral, essa nota é dada quando eles passaram a ter alguma felicidade com a aquisição ou estão muito satisfeitos. São pessoas que melhoraram algum aspecto da vida, são leais, estão dispostas a oferecer o feedback e ajudam no crescimento da companhia.

Como calcular?

O cálculo do NPS é feito a partir da coleta das notas dadas pelos clientes.

 

A fórmula é: NPS = % promotores – detratores.

 

Vamos supor que 100 clientes responderam a pesquisa. Desse total, 60 deram uma resposta 9 ou 10 (promotores), e 8 deram uma resposta entre 0 a 6 (detratores).

 

O cálculo do percentual foi: 60% de promotores e 8% de detratores.

 

Com isso, o NPS será:

NPS = 60 – 8

NPS = 52.

Como avaliar resultados?

Após medir os resultados, é hora de avaliá-los conforme a classificação:

Zona de excelência

Refere-se à pontuação entre 75 e 100. As marcas que chegam a essa pontuação são capazes de gerar experiências extremamente satisfatórias, bem como recomendações e defensores.

Zona de qualidade

Refere-se à pontuação entre 50 e 74. Os clientes que estão nessa faixa conseguiram observar pontos positivos quanto à experiência com a empresa. É importante avaliar a jornada de compra e o atendimento e entender melhor seu público-alvo para disponibilizar ofertas mais assertivas.

Zona de aperfeiçoamento

Refere-se à pontuação entre 0 e 49. Em geral, quem está nessa faixa precisa rever pontos e ajustar a estratégia. Na maioria dos casos, o cliente não conseguiu perceber a atenção dada pela empresa em relação à sua necessidade.

Zona crítica

Refere-se à pontuação entre -100 e -1. Está ligada a uma experiência frustrante para o público, podendo gerar reclamações. Empresas nessa situação devem repensar suas operações rapidamente, pois estão criando um grupo de pessoas que se opõem à marca.

Quais as vantagens do NPS?

Conhecer o que é NPS é o primeiro passo. Agora, vamos tratar das vantagens da metodologia:

Simplicidade na aplicação

Desde a fase dos questionários até a avaliação dos resultados apurados, o Net Promoter Score se mostrou bastante simples, tanto na assimilação pelos clientes quanto por operadores e gestores.

Agilidade nos feedbacks

O intuito do NPS é melhorar o desempenho do e-commerce a cada feedback. A simplicidade dos resultados permite que a marca faça a tratativa do cliente em poucos minutos depois de receber a crítica.

Manipulação de dados para estratégias de fidelização de clientes

Com os dados levantados, é possível moldar a estratégia da loja virtual. Em comparação a outras metodologias, o NPS é mais prático, tendo em vista que muitas delas têm um foco gerencial e pouco simples. Assim, as informações coletadas não conseguem atingir, de forma adequada, a equipe de operação.

 

Saiba como lidar com essa situação de maneira rápida e eficaz.

 

Agora que você conhece o que é NPS, é hora de aplicá-lo no seu negócio.

 

Gostou do que leu? Aproveite e confira nosso outro post para aprender a lidar com clientes insatisfeitos. Não perca!

 

Não se esqueça de inscrever em nosso blog. Toda semana temos vários posts com muitas dicas e novidades para fazer o seu negócio ir a mil! Siga a gente em nossas redes sociais também: Twitter, Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube.


Comentários

Comentários

Compartilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email

Não perca nenhuma novidade!

Inscreva-se em nossa newsletter para receber em seu e-mail as novidades e posts recentes da iSET

Novidades iSET

Nossas redes sociais